Teste – Internacional 8900

 

Um pesado que se transforma em supermédio




Um pesado que se transforma em supermédio

Cabine avançada de alumínio arrebitada, o pára-brisa bipartido e um painel bastante conservador fazem do International 9800 um caminhão com jeitão de antigo, mas é só na aparência. Isso porque o veículo é equipado com um motor de 404cv de potência totalmente eletrônico e oferece conforto e desempenho para ninguém botar defeito.

O 9800 6X4 com motor de 404cv de potência cedido pela International tem itens de série como cabine de alumínio, freio ABS, ar-condicionado (para a cabine e dormitório com temperaturas diferenciadas), levantadores de vidros elétricos, suspensão a ar, aparelho de rádio/CD, entre outros. O veículo traz o conceito da simplicidade, porém, reúne componentes de marcas consagradas no mercado como Cummins, Méritor e Eaton no trem de força.

O painel com fundo em material imitando madeira e o pára-brisa bipartido dão um ar de nostalgia ao interior da cabina. É um caminhão estradeiro com apenas dois opcionais: as rodas de alumínio e quinta roda deslizante, com seis posições. Este equipamento possibilita ao motorista mudar a posição do engate do semi-reboque sem sair da cabine e permite se ter uma carreta de 15,40m para o transporte de 30 palets. O caminhão cedido pela International estava carregado com uma carga de 34 toneladas de areia.

A preocupação era em relação à caixa de câmbio Eaton Fuller de engate rápido (sem anéis sincronizadores). Porém, os engates são fáceis e a alavanca de marchas bem posicionada, com curso reduzido, evita um grande descolamento do braço do motorista nas trocas. Com pouco tempo de direção o motorista pega o jeito e se acostuma com a caixa de 18 velocidades à frente, incluindo duas overdrive e quatro à ré.

 

Painel, muito completo
Painel, muito completo

 Com a prática é possível fazer os engates sem pisar no pedal da embreagem. Aliás, a embreagem é mecânica, com um sistema pneumático paralelo que alivia o peso do pedal. Em caso de algum problema, o sistema mecânico continua funcionando. O motor responde com eficiência. Sua performance permite uma condução com poucas trocas de marchas. É um engenho com 6 cilindros em linha de 10.8cm3 e 404cv a 1900rpm, totalmente eletrônico e que agrega mais de 200 funções programáveis. Viajando com as janelas fechadas o veículo é silencioso e as bolsas de ar sob a cabine contribuem para o conforto dos ocupantes. O piloto automático ajuda na condução do veículo.

A cabine é apoiada sobre bolsas de ar e seu interior é confortável. O espaço do motorista é bem dimensionado, com todos os comandos próximos das mãos.

1068

O volante tem regulagem de coluna e a suspensão pneumática dos bancos tem controle de pressão, além de vários ajustes de ângulo no assento, encosto, apoio de cabeça e braços dos dois lados. O piso do assoalho é totalmente plano.

O painel – com acabamento em material que imita madeira – tem formato envolvente, é simples e agrega instrumentos necessários para se ter todas as informações possíveis do caminhão. Os mostradores, com o fundo preto, traços da escala em branco e números na cor laranja, são grandes e proporcionam boa visibilidade, assim como os espelhos retrovisores.

Interior
Interior

Ao lado direito estão todos os botões (do tipo liga-desliga) de controle de luzes do veículo, bloqueio do diferencial, desbloqueio da quinta-roda, controle da suspensão a ar, etc. O quebra-vento na janela mostra que sua utilidade para manter a cabine ventilada e junto com o pára-brisa bipartido dão um ar de nostalgia ao veículo, porém, com tecnologia.

A cama, por sua vez, mede 2,032m de comprimento por 0,813m de largura e conta com luzes direcionais para leitura. Na lateral da cabine existem duas pequenas janelas para ventilação, uma de cada lado.

A parte dianteira da cabine também conta com iluminação no teto e o console ao centro – sob o qual se localiza a caixa de fusíveis – incorpora porta-copos, porta-objetos e porta-mapas. Na porta do motorista tem um bolsão para objetos.

1067

 Ficha Técnica:

inter

Fonte: Revista O Carreteiro




29 comentários em “Teste – Internacional 8900

  • 31/12/2016 em 02:23
    Permalink

    Muito luxo
    Quem diz q esses caminhões ñ presta e da problema são verdadeiros cupim de aço inchadas cegas… Pq eu trabalhei 5 anos em um desses e nunca foi de dar problema… Pelo contrario são mas leves e económicos….

    Resposta
  • 24/10/2016 em 02:04
    Permalink

    O canbio e o mesmo do cargo muito bom pega que ela nao tem quem saiba concerta ele e condo acha o mecanico dele sao verdadeiro asasinos

    Resposta
  • 24/10/2016 em 01:04
    Permalink

    O verdadeiro americano e com motor Detroit serie 60 indestrutivel so precisa bom motorista para trocar de marcha ese nao e i shift ni opticruise kkkk

    Resposta
  • 24/10/2016 em 00:15
    Permalink

    Um otimo caminhão mas a International nunca colocou uma linha de assistencia tecnica adequada ao Brasil ai tinha que ter dois um para ser canibalizado. A International foi muito oportunista como da outra vez que esteve no Brasil.Nos EUA ele é o caminhão mais lindo.Lamentável.

    Resposta
    • 11/10/2017 em 19:29
      Permalink

      Com certeza eram motorista que nao sabiam operar caminhão Internacional e pra quem sabe operar nao pra aprender kkkk

      Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!