Acidente entre ônibus e caminhão-tanque deixa nove mortos e 17 feridos no Paraná




Nove pessoas morreram e 17 ficaram feridas em um acidente envolvendo um ônibus da empresa Princesa do Norte e um caminhão-tanque carregado com 30 mil litros de álcool, na BR-376, na região dos Campos Gerais na madrugada desta quinta-feira. O ônibus saiu de Carlópolis e seguia para Curitiba, distante 364 quilômetros. O ônibus bateu na traseira do caminhão e a colisão ocorreu por volta das 4h30m, no quilômetro 537 da rodovia, aproximadamente um quilômetro antes do pedágio de Witmarsum.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a pista estava molhada, mas não havia neblina nem chuva no trecho. Com o choque, os dois veículos pegaram fogo. Não houve explosão, mas o ônibus foi totalmente destruído pelo fogo. Os passageiros usaram os vidros de emergência para sair do veículo. Os que não conseguiram fugir a tempo morreram carbonizados. Os corpos dos oito passageiros e do motorista do ônibus foram levados para Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa para identificação.

A pista no sentido Curitiba ficou totalmente bloqueada por três horas e teve uma faixa liberada às 7h30m. Durante o bloqueio total, a fila chegou a quatro quilômetros em direção a Curitiba.O acidente também provocou atrasos na Rodoferroviária de Curitiba. Segundo o adminsitrador do terminal, Jair Carvalho, os ônibus que vinham da região previstos para chegar às 6h30m sofreram atrasos de uma hora e meia.

Os 16 passageiros do ônibus que se feriram tiveram intoxicação por causa da fumaça ou cortes. Eles foram encaminhados para hospitais de Ponta Grossa e Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba. Pelo menos três pessoas estão em estado grave e pernamecem na UTI. O motorista do caminhão, Ronaldo dos Santos, teve ferimentos leves.

Cinco equipes do Corpo de Bombeiros e 15 equipes da RodoNorte, concessionária que administra a rodovia, trabalharam no atendimento do acidente. O álcool que estava no caminhão vazou na pista, mas não houve risco de explosão, segundo os bombeiros. Uma equipe do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) esteve no local e avaliou que não houve dano ambiental.

A Viação Princesa do Norte informou à PRF que o motorista do ônibus, de 36 anos, estava a um ano e meio na empresa e tinha acabado de passar por um curso de reciclagem para condutores.

A concessionária RodoNorte informou às 12h que a rodovia voltou a ficar parcialmente interditada para quem viaja de Ponta Grossa para Curitiba. Equipes da concessionária trabalhavam na limpeza e desobstrução da pista. A pista foi totalmente liberada por volta das 14h30m e o tráfego voltou ao normal no local. O ônibus e o caminhão foram retirados da estrada.

Os feridos no acidente:

Hospital Vicentino

SILAS PARMEGAN, 20 anos

JAIR PAULINO OLIVEIRA, 57 anos

JOSIAS BARBOSA, 71 anos

Hospital Nossa Sª do Rocio

JUCELIA LIMA DOS SANTOS, 24 anos

GABRIEL HENRIQUE LIMA DOS SANTOS, 5 anos

AMANDA ROBERTA OLIVEIRA SENI, 21 anos

EDINA MARIA DE OLIVEIRA SENI, 49 anos

RAFAEL FERNANDES DA SILVA, 22 anos

Hospital Municipal Ponta Grossa

LARISSA ALESSANDRA Z. VALLE, 23 anos

HELOISA AKEMI TAKAZAKI, 24 anos

Hospital Bom Jesus

ADEMIR LIMA DOMINGUES, 54 anos

MANOEL LEITE G. NETTO, 31 anos

ALEXANDRE HENRIQUE YOKIO FURUSHO, 17 anos

APARECIDA SONIA CHAVES, 45 anos

Fonte: O Globo

Inscreva-se




Um comentário em “Acidente entre ônibus e caminhão-tanque deixa nove mortos e 17 feridos no Paraná

  • 17/08/2009 em 06:03
    Permalink

    dificil de acreditar, pra quem viu o acidente, a batida foi de muito pouquinho estrago o caminhão continuou andando não parou e o combustivel do tanque ficou derramando de pouquinho o dia inteiro porque não queimou tudo, o motor do onibus normalmente e atraz, por que pegou fogo tão rapido creio que nem um deles morreram pelo empacto. meus sentimentos a familia e a empresa princesa do norte a qual sou vizinha a muitos anos, Deus sabe o que faz, até escrevendo certo nas linhas tortas

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!