Caminhoneiros comemoram o dia de São Cristóvão

Mais de 50 caminhões percorreram ruas e estradas em Ribeirão Preto ao som de buzinas
Carreata reuniu mais de 50 caminhoneiros em Ribeirão Preto - SP




Carreata reuniu mais de 50 caminhoneiros em Ribeirão Preto – SP

Fé e festividade marcaram neste sábado a 7ª edição da Caminhonata em comemoração ao dia do motorista em Ribeirão Preto. Com o som das buzinas, cerca de 50 caminhões fizeram o percurso por ruas da cidade. Na carro da frente a imagem de São Cristóvão, padroeiro dos motoristas, puxava a fila.
Nas cabines, famílias inteiras. Com 18 anos de profissão Claudemir Mencucini, 39, levou a esposa e os dois filhos. Bruno, de 14 anos, admira a profissão do pai. “Gosto do caminhão e até penso em trabalhar na mesma empresa”, diz.
“Só assim para a gente conhecer um pouco do dia-a-dia. Esposa de caminhoneiro só vê marido de final de semana”, conta Maria José.
Mesmo trazendo a família para participar da festa, para Mencucini o momento mais emocionante é a benção do padre. “A estrada é difícil, encarar a noite e ver tantos acidentes, precisamos da benção de São Cristóvão para rodar”.

Primeira vez
Novato no volante do caminhão, Giovani de Oliveira Silva, 30, participou pelo primeiro ano da comemoração e aprovou a iniciativa. “Somos muito maltratados nas estradas, os carros de passeio não nos respeitam e nem  nos apoiam, pelo menos um dia temos de ser valorizados”, comenta.
Após a caminhonata, cerca de 200 pessoas festejaram em um churrasco, com direito a brinquedos e até palco de banda, montado em cima de uma carroceria de caminhão.

Fonte: A cidade

Inscreva-se




Um comentário em “Caminhoneiros comemoram o dia de São Cristóvão

  • 14/02/2012 em 20:57
    Permalink

    Parabens aos meus amigos caminhoneiro.
    No dia do caminhoneiro do ano retrasado , tive muito que comemorar, e vou dizer em poucas palavras para meus amigos empregados.
    Eu ganhava um salario de r$ 900,00 por mes, hoje ganho r$ 5.500,00 + horas extras + adcional notuno que gira em torno de r$ 9.500,00 a r$ 12.000,00 por mes.
    A carga horaria de trabalho é de 8 horas e o que passar é pago como extras.,antes não tinha carga horaria de trabalho e não era pago o que pssasse de 8 horas.
    Hoje recebo tiket refeição, antes não recebia e as vezes não sobrava dinheiro nem para almoçar ou jantar.
    Hoje tenho convenio medico,dentista,club para lazer em familha,tenho minha casa propria, carro bom,respeito,dignidade,antes não tinha nada disso !
    A profissão não éra regulamentada por ter pessimos politicos no brasil,agora a profissão é REGULAMENTADA,RECONHECIDA,RESPEITADA.
    Quando percebi que nem mesmo os bancos me dava credito para um financiamento para comprar uma casa devido a baicho salario, resolvi mudar para a ARGENTINA e lá consegui respeito ,dignidade,boa educação para meus filhos,porque no brasil os motoristas são descriminado pela sociedade não tem valor para os patrões, e pelos pessimos politicos que fingem não reconhecer esta classe tão sofrida que leva o brasil nas costas.
    Elogios não enche barriga, vão a meus amigos da roda.
    Parabens mais uma vez !

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!