Caminhoneiros reclamam das condições da pista na BR 153




Série de ondulações ao longo da pista e buracos espalhados pela Rodovia têm sido problemas enfrentados pelos motoristas que passam por trechos da BR-153, principalmente o que liga Campos Novos Paulista a Ourinhos.

Segundo motoristas, depois das chuvas de junho e julho, a situação da pista piorou muito, o que reflete em danos para o veículo e, no caso dos caminhoneiros, prejuízo e atraso nas entregas em geral.

José critica falta de duplicação da pista e o estado de conservação da rodovia
José critica falta de duplicação da pista e o estado de conservação da rodovia

É o que conta Célio Henrique Cesário, 48 anos, caminhoneiro. Ele comenta que a rodovia está em um estado ruim e se não arrumarem, tendência é de que só piore, principalmente quando voltar a chover.

“A pista estava boa, mas agora a gente já se depara com bastante ondulação”.

Outro que reclama do estado da pista é o autônomo José Delgado, 58 anos. Ele, que faz frete pelas redondezas diz que a rodovia estava razoável, mas que agora está ruim.

Célio: caminhoneiro ressalta gastos do veículo e prejuízos nas entregas
Célio: caminhoneiro ressalta gastos do veículo e prejuízos nas entregas

Ele também reclama a falta de duplicação e a cobrança de pedágios. “Rodovia pedagiada tem de ser um tapete. Aliás, para começarem a cobrar, pista deveria estar duplicada”.

Operação tapa buracos já está em ação

A Transbrasiliana, empresa que administra a BR-153, informou que projeto para resolver problema de ondulações na pista já está sendo desenvolvido.

Segundo empresa, equipe de engenharia formula um plano de recuperação do pavimento que, depois de pronto, deve seguir para aprovação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Previsão de início é para 2010.

Já a recuperação emergencial do pavimento já vem sendo realizada na região. Atualmente, equipe da Operação Tapa-Buraco trabalha no km 303, próximo a Ocauçu.

Fonte: Diario de Marília

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!