Fedex amplia frota híbrido elétrico em 50% com programa inédito de conversão




Maior Frota de Híbridos na América do Norte Reúne 264 Veículos e supera a marca dos seis milhões de quilômetros. A FedEx Corp. (NYSE:FDX) anunciou a inclusão de mais 92 caminhões híbrido-elétricos em sua frota – os primeiros caminhões de entrega padrão da FedEx a serem convertidos para sistemas híbrido-elétricos.A inclusão dos 92 caminhões aumenta a frota de veículos híbrido-elétricos da FedEx em mais de 50%, de 172 para 264. Com esta ação, a FedEx amplia sua liderança como a empresa com a maior frota de caminhões híbridos na América do Norte e continua a provar a viabilidade desses veículos no cotidiano. A frota híbrido-elétrica da FedEx superou a marca de mais de seis milhões de quilômetros de receita desde o início dos serviços em 2004, reduzindo o consumo de combustível em 150.000 galões e emissões de dióxido de carbono em 1.521 toneladas métricas, números equivalentes a retirar 279 carros das ruas todos os anos.

As conversões híbridas foram fabricadas durante os últimos seis meses em Charlotte, nos Estados Unidos, e criaram 50 novos postos de trabalho verde temporários na região. Os híbridos convertidos foram desenvolvidos com a Freightliner Custom Chassis Corporation (FCCC) e a Eaton Corporation, que forneceu os sistemas híbrido-elétricos. Os caminhões padrão da FedEx usados no programa de atualização são modelos de 2000/2001, com 482.000 a 804.000 quilômetros rodados. Um benefício adicional do programa de conversão é que não somente reduz a poluição, mas também estende a vida útil dos veículos, ajudando a eliminar a produção de resíduos e criando um sistema de redução e reutilização.

“A conversão dos caminhões da FedEx em veículos híbridos é o marco mais recente em nosso trabalho para avançar e adotar a tecnologia híbrida em nossa frota, além da indústria em geral,” disse John Formisano, vice-presidente, Veículos Globais, da FedEx Express. “A FedEx e nossos fornecedores demonstraram que veículos híbridos convertidos representam uma opção viável e eficiente, comparado à aquisição de híbridos novos. A partir de agora, precisamos de incentivos do governo para evitar uma situação sem saída: o volume de produção é baixo devido ao alto custo, e os custos somente vão ser menores com volumes maiores de produção.”

Os caminhões reformados devem oferecer uma economia 44% maior no consumo de combustível, reduzindo a emissão de partículas em 96% e emissões que causam a poluição (NOx) em 75%, comparado aos caminhões de entrega padrão da FedEx.

Os 92 veículos híbridos devem operar no estado de Califórnia, especialmente nas regiões metropolitanas de Los Angeles, São Diego e São Francisco, nos Estados Unidos.

Incentivos estimulam desenvolvimento de híbridos

Formisano elogiou o governo da Califórnia, que manteve os recursos necessários de incentivo à aquisição de caminhões híbridos, permitindo à FedEx colocar o primeiro caminhão híbrido em serviço no estado em 2004 e continuar a inclusão de híbridos em sua frota nos últimos cinco anos.

Os novos caminhões híbridos devem levar o logotipo da FedEx EarthSmartT, um símbolo do compromisso da FedEx de conectar o mundo em maneiras responsáveis e engenhosas com inovações de última geração – mais eficientes e melhores para o meio ambiente. Nos próximos meses, todos os caminhões híbridos da FedEx receberão nova pintura, como parte da iniciativa EarthSmart.

“A tecnologia híbrida ajuda a FedEx a reduzir as emissões e o consumo de combustível , ao passo que trabalhamos para aumentar a eficiência da nossa frota de veículos” explicou Mitch Jackson, diretor para Assuntos Ambientais e Sustentabilidade, da FedEx Corp. “Gostaríamos de ver mais apoio do governo e da indústria para encontrar opções mais acessíveis para caminhões híbridos, e integrá-los rapidamente.”

Além do uso de 264 veículos híbridos na América do Norte, na Ásia e na Europa, a FedEx tomou outras medidas para aumentar a economia dos seus veículos e reduzir as emissões da frota:

– Desde 2005, a FedEx está atualizando sua frota com furgões sprinter, que são mais econômicos e otimizam as rotas. Com isso, a FedEx Express economizou 45 milhões de galões de combustível ou 452.573 toneladas métricas de emissões de dióxido de carbono.

– Em Londres, a FedEx opera furgões sprinter que utilizam gás de petróleo líquido (GPL), reduzindo emissões de dióxido de carbono em 12%. A FedEx também deve usar 10 veículos elétricos de entrega com zero emissões da Modec, no Reino Unido. A FedEx Express possui mais de 320 unidades de apoio com motorização elétrica ou GPL em operação no centro de Roissy Charles de Gaulle, em Paris, e outras instalações operacionais na Europa.

– A FedEx opera muitos veículos de apoio com motorização elétrica ou com combustíveis alternativos no mundo inteiro, entre os quais mais de 500 empilhadeiras e 1.660 unidades de equipamento em terra em aeroportos.

– Os mensageiros na cidade de Nova York e no centro de Londres entregam muitos pacotes a pé e de bicicleta.

Especificações dos Veículos Híbrido-Elétricos Atualizados da FedEx

Na conversão dos veículos de entrega padrão, o sistema de transmissão, que inclui motor, transmissão, tanque de combustível e eixo motor foram substituídos por um motor de 200 hp, o 2007 Cummins ISB, e o sistema híbrido-elétrico da Eaton. Os custos foram reduzidos utilizando o atual chassi e carroçaria.

Os veículos usam um motor a diesel em conjunto com um gerador/motor elétrico e baterias de íon de lítio. As baterias captam e armazenam energia durante a fase regenerativa de frenagem do veículo, eliminando a necessidade de uma fonte de energia externa. O controlador híbrido sofisticado seleciona o modo de operação mais eficiente – diesel ou elétrico – de acordo com as atuais condições de operação e a demanda do motorista.

Sobre a FedEx

A FedEx Corp. (NYSE: FDX) proporciona aos clientes e negócios de todo o mundo um portfólio abrangente que inclui serviços de transporte, comércio eletrônico e empresariais. Com uma receita anual de U$ 35 bilhões, a FedEx oferece soluções corporativas integradas através de companhias operadoras, competindo coletivamente com uma gestão colaborativa, sob a respeitada marca FedEx.

Fonte: Perfecs Transportes

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!