Três feras acabam de chegar




Bolinha, Tortinha e Filhota viajaram quase 4 mil quilômetros de caminhão, em compartimentos especiais, de Fortaleza, no Ceará, até a nova casa, o Zoológico do Parque Cyro Gevaerd, em Balneário Camboriú. Os três leões – duas fêmeas e um macho –, que chegaram ao Litoral de Santa Catarina no último domingo, cresceram habituados ao isolamento.

Eles nasceram em um criatório particular e foram resgatados pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), no Nordeste do país.

Ontem, funcionários do zoo em Balneário Camboriú passaram o dia observando o comportamento dos três felinos, soltos pela primeira vez, na baía de 400 metros quadrados.

– Eles cavaram todo o terreno procurando demarcar território. Eles estão bem nutridos e desestressados – atestou a bióloga Márcia Achutti, responsável pelo parque.

A maior expectativa, no entanto, foi a reação dos leões à presença de público, já que os três tinham contato apenas com veterinários do Ibama. O movimento no parque foi pequeno, à tarde, mas a primeira impressão foi a desconfiança das fêmeas, Filhota e Tortinha, com idades entre quatro e cinco anos. Elas permaneciam inertes, com as orelhas em pé.

Bolinha, o macho, apresenta escoriações leves, por ter sido isolado em uma jaula pequena, antes da viagem. Ontem, ele reagiu com alguns bravos rugidos às vozes, do outro lado da cerca. Com o calor da tarde, acabou se rendendo e rolando na areia.

Os felinos farão companhia à única fêmea, ainda separada dos novos colegas. Mas o objetivo não será a reprodução em cativeiro, segundo a veterinária. Bolinha, que tem em torno de nove anos, é vasectomizado. A partir de agora, a nova rotina dos felinos será conviver com os visitantes, dormir e comer, cerca de cinco quilos de carne por dia, cada um.

Os leões podem ser visitados diariamente, das 9h às 17h30min, no zoo que possui mais 1,2 mil animais.

Fonte: Diario Catarinense

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!