Aposentadoria merecida

Em 1935, saía da fábrica de Hisingen, em Gotemburgo, um caminhão Volvo LV70 novinho em folha. Graças aos esforços de um homem extremamente dedicado, esse veículo continuou em operação por mais de 70 anos. Esse, que provavelmente é o caminhão Volvo mais antigo do mundo ainda em condições de operação, acaba de ganhar um novo lar, no museu da marca na Suécia

Ragnvald Karlsson, 82 anos, ao lado do caminhão Volvo LV70 adquirido em 1952. No banco do motorista, seu filho Anders Karlsson, que nasceu no mesmo ano




Ragnvald Karlsson, 82 anos, ao lado do caminhão Volvo LV70 adquirido em 1952. No banco do motorista, seu filho Anders Karlsson, que nasceu no mesmo ano

Em 1952, Ragnvald Karlsson, então com 25 anos, acabava de assumir a fazenda da família em Vägershult, na província de Småland, um condado do sul da Suécia.

Recém-casado com Ingegerd, E eles esperavam o primeiro filho. Ragnvald precisava de um caminhão para as diversas necessidades de transporte da fazenda. Ele pagou 500 coroas suecas pelo antigo Volvo LV70 fabricado em 1935 que, até então, era usado basicamente para entregar máquinas agrícolas e transportar lingotes para as fundições da região central da Suécia. Ragnvald reformou completamente o caminhão e ficou famoso por suas soluções técnicas criativas. Entre outras proezas, ele converteu o motor originalmente a gás para funcionar a querosene. E o caminhão logo passou a ser usado para todo tipo de tarefa de transporte agrícola que se possa imaginar.

O solo em Småland é rochoso e difícil de ser cultivado. Isso, somado ao pouco interesse que tinha pela agricultura, fez com que Ragnvald tentasse encontrar outros meios para ganhar a vida. “Minha paixão era a área técnica. Eu sempre gostei de desmontar e remontar as coisas. Ser fazendeiro nunca foi meu forte”, confessa.

Em 1959, ele montou sua empresa e comprou um trator de esteira. Mais uma vez, o antigo Volvo LV70 foi meticulosamente reformado. Ele pegou o trem de força de um Volvo sucateado de meados dos anos 50 e o instalou em seu Volvo LV70, bem mais antigo, convertendo-o para diesel. O veículo também recebeu um reboque, permitindo que Ragnvald transportasse seu recém-adquirido trator de esteira. A versátil combinação de máquinas de Ragnvald era alugada com freqüência para todos os grandes projetos de pavimentação rodoviária em diferentes partes de Småland, e assim sua empresa prosperou. Quando comprou um trator de esteira novo e maior, teve que construir um novo reboque – e fez todo o trabalho sozinho durante três semanas de férias!

“Este caminhão é extremamente importante para mim, pois nos ajudou a ter uma vida melhor. Durante toda minha vida proi ssional, este Volvo LV70 me acompanhou em inúmeras obras de pavimentação rodoviária. E sempre foi muito divertido ser o dono dele, pois é um modelo muito incomum, que chama a atenção. ” Quando estava trabalhando, as pessoas muitas vezes diziam a Ragnvald que ele deveria trocar seu caminhão antigo por outro mais novo.

“Todos que vêm aqui o caminhão do último modelo chegam convencidos, mas logo aparece outro com um modelo ainda mais novo. Pelo menos eu sempre pude dizer que tenho o caminhão mais antigo” , diz, em meio a gargalhadas.

“Eu só o mantenho há tanto tempo porque sou incrivelmente teimoso”, diz Ragnvald, que acabou de chegar aos 82 anos.

O caminhão acabou atraindo o interesse da Volvo, pois é o único exemplar ainda existente desse modelo. Além disso, ele foi usado em tempo integral até há pouco tempo. Agora Ragnvald o cedeu para a área de caminhões do Museu da Marca Volvo, não muito distante do lugar onde foi produzido, há 73 anos.

“A sensação é a mesma de dizer adeus para um velho cavalo com o qual você trabalhou por muitos anos – só que o destino de um cavalo velho é bem menos agradável. Este caminhão está em boas mãos. ”

FATOS

O Volvo LV70 de Ragnvald Karlsson foi produzido em 1935 e recebeu cabine e carroceria. Naquela época, a concessionária era responsável pela adaptação final nos ônibus ou caminhões. O veículo tinha 2,12 metros de largura, 6 metros de comprimento e carga útil de 3.000 quilos, compondo um peso total de 6.250 quilos. Quando Ragnvald Karlsson adquiriu o caminhão, em 1952, ele já rodava pelas estradas suecas há 17 anos, tendo percorrido 1 milhão de quilômetros.

Nas mãos de Ragnvald, o Volvo LV70 foi completamente reformado duas vezes e permaneceu em operação até 2007 . É o forward-control mais antigo Volvo do tipo (cabine avançada ou “F”) e agora pode ser visto na área de caminhões do Museu da Volvo, em Hisingen, Gotemburgo.

Fonte:

Lastbilen som anlände som en ful ankunge och blev till svan och som sedan kom hem (O caminhão que começou como um patinho feio, se tornou um cisne e agora encontrou um novo lar), por Anders Karlsson.

Inscreva-se




Um comentário em “Aposentadoria merecida

  • 30/03/2010 em 20:28
    Permalink

    eu queria saber se eu acho um caminhoa desse ai ainda no mundo

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!