Desmanche encontrado em Nova Santa Rita é o maior do Rio Grande do Sul




O desmanche de veículos localizado em um sítio em Nova Santa Rita na madrugada desta terça-feira é o maior já visto do Estado, segundo a Brigada Militar. O local, identificado após monitoramento da rede de inteligência do 15º BPM, era utilizado para receptação e desmanche de veículos roubados e furtados.

No sítio na Estrada José Maria, bairro Sanga Funda, foi apreendida uma Nissan TIIDA, placas IOB-9476, furtada na segunda-feira em Novo Hamburgo; um Ford Fiesta, placas IPE-5717, roubado na última quinta-feira em Porto Alegre; um caminhão Mercedes Benz, placas CDF-8998, furtado em junho deste ano na capital; a carcaça de uma caminhoneta Hilux, placas MBD-7676, de Pomerode (SC), e as carcaças de uma Doblo, placas EAV-5478, de São Paulo, e de um Palio Fire Flex, placas JCH-8006, de Porto Alegre.

Além destes veículos identificados há, no local, vestígios de mais de 350 automóveis. Foram encontrados também, dois tubos de oxigênio e maçaricos, além de várias ferramentas que eram utilizadas para o crime.

No sítio Querência São João, os policiais militares prenderam flagrante um homem de 29 anos que já possui antecedentes por receptação. Ele disse em depoimento que seria o responsável por vigiar o local.

Segundo informações do 15º BPM, no sítio, já teriam sido receptados e desmanchados mais de mil veículos, de procedência do Rio Grande do Sul e de outros Estados.

A operação foi comandada pelo tenente-coronel Carlos Roberto Bondan.

Fonte: Diário de Canoas




Deixe sua opinião sobre o assunto!