Piquet ansioso com as duas novidades da F-Truck




A Fórmula Truck reserva grandes desafios para seus pilotos e equipes nas próximas duas etapas da temporada 2009. No próximo dia 20 de setembro, a categoria corre no Autódromo Juan y Oscar Galvez, na Argentina e, na sequência – em 25 de outubro – passa pelo circuito de Santa Cruz do Sul no Rio Grande do Sul. Duas pistas que recebem pela primeira vez a categoria de caminhões que ultrapassam os 200 km/h. Na prova de Buenos Aires, o brasiliense Geraldo Piquet acredita que o equilíbrio deve ficar ainda maior. Além do desafio de encontrar o melhor acerto para os caminhões em uma pista desconhecida, o traçado com longas retas deve beneficiar os modelos Axor da Mercedes-Benz, utilizados pela equipe ABF. “Uma pista desconhecida é um grande desafio para acertar o caminhão. Como temos intervalos curtos entre os treinos e cada mudança leva um bom tempo, você precisa contar com uma dose de sorte para chegar à pista e já ter uma configuração na direção certa”, avalia Geraldo Piquet.
Sem treinos no circuito argentino, os engenheiros da Fórmula Truck devem levar apenas um acerto básico para, durante os ensaios da sexta-feira, desenvolver o ajuste fino dos caminhões. “Temos alguma ideia da relação de marchas, mas outros pontos, como a suspensão, por exemplo, só podemos trabalhar na pista, quando soubermos quais são as condições do asfalto”, lembra Geraldo, que busca sua recuperação no campeonato depois de duas etapas consecutivas com problemas no caminhão.

“Temos um caminhão para ficar entre os três primeiros do campeonato e até brigar pelo título, mas precisamos passar essa maré de falta de sorte. Infelizmente tive uma série de problemas que me impediu de fazer uma campanha no mesmo nível do ano passado”, comenta o atual vice-campeão da Fórmula Truck que figurou entre os três melhores até a metade da temporada 2009.

Em Buenos Aires a Fórmula Truck deve utilizar o traçado de número 8 do Autódromo Juan y Oscar Galvez. Essa pista tem 3.380 metros de extensão em um dos principais complexos de esportes a motor do país – que foi palco do GP da Argentina de Fórmula 1 durante mais de 20 anos, com sua última realização em 1998. A Fórmula Truck vai dividir a pista com mais uma etapa da Top Race V6, uma das mais importantes competições de carros turismo da Argentina. O evento conclui o intercâmbio proposto pelas categorias neste ano, que começou com a vinda da Top Race para a etapa da Fórmula Truck disputada em São Paulo no mês de julho.

Fonte: Amigos da Velocidade

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!