Um em cada 4 acidentes no País envolve caminhões




Um em cada quatro veículos envolvidos em acidentes de trânsito nas estradas federais do País, no ano passado, era caminhão. O porcentual é sete vezes maior que o da frota de veículos de carga que circula nas rodovias. Só nas estradas com pedágio, o número de acidentes subiu 25% entre 2007 e 2008. De acordo com a Confederação Nacional dos Transportes (CNT), as rodovias federais registraram no ano passado 138 mil ocorrências de trânsito, com um total de 239 mil veículos envolvidos.

Segundo especialistas em segurança de trânsito, quando veículos de carga provocam ou são vítimas de acidentes, o número de óbitos é, em média, sete vezes maior do que em colisões graves envolvendo dois carros de passeio, quando costumam ser registradas duas mortes.

A carga horária média de 17 horas por dia e o uso de drogas para suportá-la estão entre as principais causas de acidentes. O sono ao volante é responsável por 60% das tragédias envolvendo caminhões. “O cansaço também faz os motoristas se acostumarem com a velocidade, provocando acidentes principalmente no acesso a cidades como São Paulo”, explica o engenheiro e especialista em transporte Rubem Penteado.

Outros fatores

Mas o perigo não está só nos caminhoneiros. As estradas esburacadas e a condição dos veículos também contribuem com o índice de acidentes. Cerca de 80% da frota de 1,9 milhão de caminhões tem em média 21 anos de uso. “Carros velhos e sem manutenção em estradas com asfalto ruim é outra combinação fatal”, afirma Penteado.

O presidente do sindicato dos caminhoneiros, Norival de Almeida Silva, defende que as estatísticas são desfavoráveis para a categoria porque os veículos, embora representem uma parcela pequena da frota, passam mais tempo em circulação. “É uma junção de irregularidades, cometidas também por quem dirige carro.”

Fonte: Abril Notícias

Inscreva-se




Um comentário em “Um em cada 4 acidentes no País envolve caminhões

Deixe sua opinião sobre o assunto!