Adulteração de combustíveis leva 9 pessoas para a cadeia

Material mantido em caminhão apreendido vai passar por perícia




Material mantido em caminhão apreendido vai passar por perícia

Nove pessoas suspeitas de envolvimento em um esquema de adulteração de combustíveis foram presas no Paraná, na manhã desta sexta-feira (9). A operação foi realizada em Londrina (PR), Maringá (PR), Arapongas (PR) e Apucarana (PR).

Entre os detidos estão quatro donos de postos. Segundo a polícia, a quadrilha era muito bem organizada.

“O grupo criminoso era composto por pessoas que tinham funções específicas. Dois deles eram responsáveis pela mistura do produto e encabeçavam esse esquema. Havia pessoas que intermediavam o negócio, outros que conduziam o caminhão, outros financiavam a aquisição dos produtos para adulteração”, afirmou o delegado Alan Flore.
Um caminhão carregado com cerca de 15 mil litros de material com suspeita de adulteração foi apreendido. O material será encaminhado para a perícia. A apreensão foi realizada quando o produto era entregue em um posto de Londrina.

Segundo a polícia, a central de adulteração funcionava em Uraí (PR), próximo a Londrina, em um posto desativado.

A Agência Nacional de Petróleo será notificada para interditar os postos envolvidos na venda do combustível adulterado.

Fonte: G1

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!