Ainda com esperanças de título, Wellington Cirino fala sobre Santa Cruz do Sul

Mesmo longe do título, Cirino quer ajudar a Mercedes-Benz no campeonato de Marcas da F-Truck




Mesmo longe do título, Cirino quer ajudar a Mercedes-Benz no campeonato de Marcas da F-Truck

Os problemas dos caminhões Mercedes-Benz e o ano quase impecável da Volkswagen deixaram o paranaense Wellington Cirino com chances remotas de título na Fórmula Truck em 2009. O piloto de Francisco Beltrão tem 82 pontos e está em sexto no campeonato, contra 151 do líder Valmir Benavides. Desta forma, resta apenas a Cirino tentar somar o máximo de pontos nas próximas três etapas e “secar” os rivais para alimentar esperanças de chegar ao pentacampeonato.

“Ainda temos chances de conquistar o título, mas dependemos de tropeços dos líderes”, disse Cirino, em entrevista ao site oficial da F-Truck. Após somar apenas dois pontos na prova de Buenos Aires, na Argentina, o paranaense está na expectativa pela etapa do próximo dia 25 de outubro, em Santa Cruz do Sul-RS. Será a primeira vez que o autódromo gaúcho receberá a categoria, o que abre perspectiva de muito equilíbrio entre todas as equipes.

Todavia, antes de embarcar para solo gaúcho, Cirino e a equipe trabalham intensivamente em cima do caminhão. “Os pilotos terão muito trabalho em Santa Cruz por isso os técnicos da equipe estão fazendo uma revisão muito minuciosa. Conseguindo antecipar-se a possíveis problemas, encurtaremos o caminho para brigarmos pela vitória”, afirmou o piloto.

Com um bom resultado em Santa Cruz do Sul e uma má jornada dos ponteiros, Wellington Cirino espera ganhar uma motivação extra para as etapas de Curitiba (15 de novembro) e Brasília (13 de dezembro). Se ficar mesmo fora da briga pelo título de Pilotos, o paranaense quer ajudar a Mercedes-Benz a garantir uma boa posição no campeonato de Marcas.

“Será importante levar a decisão para Brasília, para manter a Mercedes nas primeiras colocações”, concluiu.

Fonte: Gazeta do Povo

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!