Autopista Ártico: A rota mais perigosa do mundo

A autopista do Ártico Construida nos remotos territorios do Noroeste, a estrada entre Tibbitt e Contwoyto, Canadá, é considerada com a rota mais perigosa do mundo.

Se encontra nas regiões árticas e pecorre mais de 500 quilômetros para alcançar as gigantescas minas de diamantes do norte. Sua perigosidade radical em trecho de 85% de sua passagem transcorre sobre os lagos gelados, de modo que a capa de gelo pode romper em qualquer momento e tragar os caminhões que circulam por ela.




A rota só é transitável nos meses mais severos do inverno. Cada ano, quando o gelo adquire espessura suficiente, os equipamentos da companhia Nuna Logistics (gigantescas máquinas abrineves) abrem uma rota de dezenas de metros de largura, equivalente a uma autopista de oito partes, que permitem o transporte de caminhões de mais de 70 toneladas vindos das minas.

Para seu perfeito funcionamento, as minas necessitam de 300.000 toneladas de combustivel, explosivos e concreto.

A aventura de viagem ao norte dura mais de quinze horas, sem possibilidade de parada. Alguns dos lagos gelados têm centenas de quilômetros, os quais ser percorridos a uma velocidade não superior a 50 km/h. Se isto não for respeitado, o caminhão pode acabar criando uma onda na água, por baixo do gelo, o que pode vir a causar uma grande rachadura na estrada e consequentemente, bloqueando completamente a passagem.

Fonte: Insoonia




2 comentários em “Autopista Ártico: A rota mais perigosa do mundo

  • 18/10/2009 em 14:48
    Permalink

    essa eu acho que é a pista que os desenvolvedores do 18 wheels of steel Extreme trucker colocaram no jogo… na parte gelada
    as fotos mesmo, o cenário é identico, as cargas são praticamente as mesmas e as condições também

    belo post

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!