Fenatran supera expectativas




Maior evento de Transportes e Logística da América Latina, a Fenatran 2009 – 17º Salão Internacional do Transporte – terminou na última sexta-feira em São Paulo superando todas as expectativas, segundo a assessoria de imprensa. Empresas do setor como Iveco, Man, Mercedes-Benz, Metalesp, Noma, Renault, Recrusul, Scania e Usimec, entre outras, comemoram o fechamento de negócios envolvendo mais de três mil produtos e 50 mil visitantes nacionais e do exterior, de 45 países.

Segundo a assessoria, a feira teve como marcas principais o desenvolvimento de novos negócios, o lançamento de dezenas de novidades em veículos de carga de todos os tipos e tamanhos, além de equipamentos, implementos, a oferta de serviços de logística, gestão de transportes e equipamentos de segurança e rastreamento. Participaram da Fenatran 2009 um total de 355 expositores (dos quais 64 fizeram a sua estréia no evento) de 15 países e 50 mil visitantes e compradores de 45 países.

“Credibilidade atestada. Essa foi a principal marca da Feira, ao corresponder aos anseios de expositores, que confiaram no modelo de negócios do evento”, afirmou Evaristo Nascimento, diretor da Reed Exhibitions Alcantara Machado. Para ele, além da grande quantidade de novidades apresentadas pelas montadoras de veículos de carga, a feira mostrou a evolução do setor quanto aos implementos, equipamentos, acessórios e da inteligência da logística relacionada ao transporte.

Organizada e promovida pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, a feira é uma iniciativa da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) e da Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística) e conta com o apoio institucional da Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir), do Sindicato Interestadual da Indústria de Materiais e Equipamentos Ferroviários e Rodoviários (Simefre) e da Associação Brasileira do Segmento de Reforma de Pneus (ABR).

Confira alguns depoimentos de expositores, obtidos pela assessoria do evento:

Agrale – Ubirajara Choairi – Gerente de Marketing – “Para nós a presença na Fenatran é fundamental. A edição deste ano deu um salto qualitativo principalmente entre os visitantes, com um perfil muito mais focado e do setor, o que pode representar negócios futuros. A visita do presidente Lula foi um fato muito importante para a a nossa empresa. O presidente pôde conhecer os nossos novos produtos. O formato da Feira está muito bom”.

America implementos rodoviários – Lino Biselli, Diretor Técnico “A Feira foi ótima e realizamos boas vendas, mas não posso revelar os valores da negociação para não dar oportunidades à concorrência. Pudemos apresentar a nossa versão Silo de semireboque (para cargas secas). A Feira superou as nossas expectativas, que eram muito altas em razão da conjuntura econômica de retomada do setor”.

Boreal – Rafael Wolf Campos – Sócio – “O elogio em relação à Feira foi geral. Visitantes da Europa e Estados Unidos visitaram o nosso estande e se mostraram surpresos com o nível que a Feira e os produtos alcançaram. O consenso é que a Fenatran, pelo direcionamento, está entre a segunda ou terceira do mundo e alinhada com eventos similares internacionais. Nesta edição da Feira, os destaques foram: o espaço que os implementos rodoviários ocuparam e o público qualificado. O lançamento da empresa na Feira foi o semirreboque – 30 pallets, com três eixos distanciados, suspensão diferenciada e caixa de carga mais leve (o que reduz o peso do implemento em 650 kg). Na Feira, a partir dos orçamentos e vendas efetuados, conseguimos aumentar o faturamento entre 8% a 10% e já estamos trabalhando com 60 dias de espera para entrega”.

Chipsat – Álvaro Ederich Jr, diretor comercial – A Chipsat, empresa de tecnologia que atende a demanda tecnológica do mercado de rastreamento de veículos, considera um sucesso sua estréia na Fenatran 2009. Instalada no sul do país, com escritório em São Paulo, a empresa calcula que os negócios iniciados na Feira devem promover um crescimento de no mínimo 20%. A informação foi transmitida por Emir Pinho, consultor comercial. Ele destacou que um produto lançado na Fenatran causou grande impacto entre transportadores e frotistas “porque aumenta o poder de informação do cliente com melhoria na lucratividade”. O produto lançado na Feira é o DVR4000, um dispositivo de vídeo com transmissão 3G, que possibilita realizar o monitoramento em tempo real do que acontece dentro do veículo. “Com este produto é possível saber o que aconteceu em diversas situações como assaltos, acidentes, comportamento de funcionários, entre outros. Possui slots para HD e memória SD, de forma que as imagens podem ser gravadas internamente e descarregadas via Hi-Fi ou USB. É uma aplicação ideal para ônibus urbanos, carros-fortes e veículos de operações que envolvam altos valores”, afirma o diretor comercial da Chipsat, Álvaro Ederich Jr.

Dhollandia Brasil – Jorge Martins – Diretor – “A Fenatran tem sido um evento positivo para nós, pois é a nossa forma de poder atingir um publico alvo de forma correta e profissional. Deste modo, conseguimos até agora acessar clientes que estão em todo o Brasil e América do Sul. É difícil fazer uma estimativa do volume de negócios realizados durante a Feira, pois os nossos clientes somente fecham os negócios de acordo com as necessidades imediatas deles, assim poderei afirmar que na pior das hipóteses poderemos ter um volume de R$ 200 mil, e que na melhor das hipóteses poderá ultrapassar facilmente R$ 500 mil. Gostaria de dizer que fiquei bastante impressionado com a qualidade geral da exibição, pois estou acostumado a participar em feiras por toda a Europa e esta surpreendeu-me pela positiva, através do volume de negócios e pela participação de empresas de grande porte presentes”.

Effa Motors – Johnny Johannes, gerente de vendas de governos e frotistas – “Estamos pela primeira vez na Fenatran. Decidimos participar na última hora. Para negócios a Feira foi, assim, surpreendente. Essa é a palavra mais correta. Se a expectativa era 5, agora eu dou 10. Trouxemos a pick-up pequena, a Van de sete lugares e o Furgão, mas o lançamento mesmo foi a pick-up com baú já com capota baixa e alta, e implementos para transporte de vidros, gás e água. Fechamos parceria isotérmica – para transporte de sorvete, carne e alimentos – assim como para ambulâncias. Com relação aos negócios gerados na Feira, foram muito bons. Posso garantir que aquele que agente ia bater na porta, eles vieram e bateram aqui na nossa porta. Para negócios, a Feira atingiu todas as nossas expectativas”.

Fras-Le – Daniel Raul Randon, Diretor-Superintendente – “A Fenatran serviu, na área de autopeças, fundamentalmente, para fixação das marcas e para reforçar o relacionamento tanto com o mercado de reposição, quanto com as montadoras, para quem foram apresentados os novos desenvolvimentos das linhas de cada empresa visando mostrar a qualidade e tecnologia agregadas ao produto e no pós-vendas”.

Goodyear do Brasil – Rosana Silva Sacramento – Coordenadora de Marketing Comercial – “A Goodyear do Brasil está completando 90 anos no Brasil, e na Fenatran recepcionou importantes clientes, inclusive da América Latina. A Fenatran é muito boa, principalmente porque nos permite recepcionar nossos clientes. Lançamos pneus da série 600 para serviço misto, Banda G600 EL e o pneu G30 Cargo. Nossa expectativa é de bons negócios, principalmente na época da safra. A Feira é muito importante, pois reúne as empresas voltadas para o setor em que atuamos”.

Gotti – Ariovaldo Rodrigues, Supervisor Comercial – Em balanço dos três primeiros dias da Fenatran 2009 – 17° Salão Internacional do Transporte, que está sendo realizada no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo, empresas do setor de fabricantes de implementos rodoviários fecharam negócios em seus estandes. A Gotti Implementos Rodoviários, empresa paranaense que fabrica semireboques, concretizou a venda de 20 unidades dos diversos modelos de semi reboques. A empresa expôs algumas versões de seus produtos de 1 a 6 eixos, incluindo os bitrens (engatados) para transporte de asfalto e combustíveis. “Quanto a negócios fechados, a Fenatran, neste ano está melhor que a edição de 2007”, afirmou Ariovaldo Rodrigues, Supervisor Comercia da Gotti. Para o executivo, a redução do IPI ajudou tanto as vendas realizadas na Feira como aquelas que se iniciaram no evento para concretização futura. “A Fenatran é também é uma excelente vitrine para a prospecção de novos clientes”, concluiu.

Guerra Implementos Rodoviários – Marcos Guerra, Diretor de Marketing – Com 39 anos de participação no segmento de transporte de cargas, a Guerra Implementos Rodoviários, registrou a venda de 130 unidades de seus produtos. A empresa aproveitou a Fenatran para mostrar dois veículos conceito que logo serão homologados e colocados no mercado. Um deles é o Furgão G Wingler para caminhões, com acesso lateral rápido, que introduz o sistema hidráulico para abertura das laterais em até 20 segundos, o que acelera a operação de carga e descarga. O outro conceito é o Gran G 4 Eixos, primeiro semireboque com PBTC-peso bruto total combinado de até 57 toneladas, com aplicação para transporte de grãos e cargas secas. Para caminhões cavalo trator com tração 4X2 ou 6X2. Um lançamento da Feira que já está homologado é o Bi-Trem (carreta com engate), o mais leve do mercado. “A Fenatran deste ano está surpreendendo pela qualificação do público visitante”, informou Marcos Guerra, Diretor de Marketing da Guerra. “A feira também proporciona muitos negócios futuros”, analisou.

Heil Trailer International – Eduardo Rossett Silva – Gerente Comercial – Expondo pela primeira vez na Fenatran 2009, independente do antigo parceiro de negócios, a multinacional americana ressalta a importância do evento. “A Feira foi excelente para divulgarmos a marca, agora independente no Brasil. Pertencemos ao Grupo Americano Dover Company. Fechamos a venda de um semireboque com eixos distanciados.Os valores do produto variam de R$ 170.000,00 a R$ 195.000,00, por serem quase na totalidade de alumínio. A fabricação em alumínio é o conceito que quisemos difundir nesta evento”

Iveco – Alcides Cavalcanti, Diretor de Vendas e Marketing – A Fenatran 2009 acontece num momento de retomada do mercado, que se consolidou exatamente nesse quarto trimestre do ano”, avalia, em tom de comemoração pelo êxito alcançado na Feira, o diretor de vendas e marketing da Iveco, Alcides Cavalcanti. O ambiente favorável também recebeu o impulso das medidas do governo para incentivar a compra de caminhão através da linha do Finame e redução do IPI. Soma-se a isso a força a mais representada pelas operações intermediadas pelo banco da própria montadora e a presença da estrutura de consórcio na Feira. “O fato é que todos estão cientes de que as condições favoráveis do crédito do governo são válidas até 31 de dezembro próximo e isso justifica também a pressa em concretizar negócios já”, constata ele. Dona de um dos estandes mais concorridos da Fenatran deste ano, a Iveco exibiu durante o evento o inusitado modelo Daily Elétrico, o primeiro veículo de carga da América Latina movido 100% a energia elétrica, ainda um protótipo desenvolvido em parceria com a Itaipu Binacional, mas que deverá estar no mercado dentro de dois anos. Da linha exposta de caminhões pela Iveco, além do Vertis – que inaugura a presença da empresa no segmento de veículos leves de carga – uma das estrelas foi a linha Iveco Cursor. Conforme Cavalcanti, o Cursor é um caminhão que reúne “sofisticação, conforto, uma base mecânica conhecida, maior economia e resistência, além de design inovador”. Para justificar a confiança na Fenatran, o diretor da Iveco afirma que o evento é um convite para o visitante conferir novidades, ofertas, promoções, fazer negócios e, conforme o executivo, ter o privilégio e o prazer de fechar a compra na Feira, direto com a indústria. “Essa feira não é só exposição, é uma feira de negócios”, completa ele que recebeu a visita de interessados nos modelos de caminhões da montadora, vindos de estados brasileiros como Tocantins, Pernambuco, Paraná, muitos de Santa Catarina, entre outros.

MAN Latin América – Antonio Cammarosano Filho – Diretor de Vendas para o mercado nacional – O resultado foi muito bom, conseguimos vender 700 unidades (além da encomenda de 100 extra-pesados feita pelos grupos Júlio Simões, Binoto e Arcom), de modelos diversos de caminhões da linha, nos cinco dias do evento. Destaque para 200 unidades, das quais 170 betoneiras e 30 caminhões de apoio, para um único cliente e 80 caminhões coletores de lixo para a Ecourbs que está renovando a sua frota com equipamento mais moderno. As medidas do governo – linhas de financiamento e redução de IPI ajudaram – mas o fato é que não há segmento desaquecido hoje, com destaque, entre vários, para a construção civil. A MAN participa da Feira para fixar a marca junto a seu público alvo, concentrado em caminhões e ônibus, com potência acima de 400 cv, que antes levavam a marca Volkswagen. Em 2011 estaremos presentes à Fenatran com maior força e os produtos em fase de desenvolvimento. A Feira é oportunidade única de relacionamento única, conseguimos reunir em uma semana aqui clientes que levaríamos seis meses para contatar”.

Manos Implementos – Itacir Deon – Sócio e Diretor – “A Feira é a oportunidade para se perceber a febre do cliente em relação ao produto exposto, o seu entusiasmo. A presença na feira permitiu contato com revendedores, representantes, interessados e também o cliente final de todo o Brasil, seja o caçambeiro ou o transportador. Essa é a maior vitrine da América Latina, na qual os concorrentes mostram os produtos e com o cliente se promove um verdadeiro ponto de encontro e oportunidade de negócios”, destaca Deon. E por falar em negócios, a Manos – caso se concretize os negócios iniciados na Feira – efetivou a venda de 50 produtos. A procura maior se concentrou sobre a principal novidade da empresa, a Carroceria Basculante Meia Cana, destinada ao transporte de minério, brita, pedra e cargas similares. Os implementos se beneficiam do programa oficial de incentivo ao crédito, desde que seja acompanhado do caminhão, o que vem contribuindo com o maior volume de vendas, segundo Deon. A empresa já vem experimentando aumento na sua carteira de pedidos antes mesmo da Fenatran, o que elevou o prazo de entrega das unidades de 25 a 30 dias para 45 dias. “Com a Feira estamos ainda mais otimistas”, complementa. Sobre a edição da Fenatran, Deon repete o jargão do caminhoneiro: “Tô dentro”.

Mercedes-Benz – Mario Laffitte – Diretor de Comunicação Corporativa – “A Fenatran 2009 foi um palco excepcional para a realização de negócios da empresa, aproveitando o cenário econômico de retomada do setor. Nessa edição da Feira vendemos 1750 veiculos de carga, dos quais 1500 caminhões dos vários modelos, e 250 unidades da Sprinter, nosso utilitário para transporte de passageiros e de cargas”.

Metalesp – João Manuel Lago de Carvalho Cardoso – Gerente de Vendas e Marketing – “Essa foi a nossa primeira Fenatran e voltaremos em 2011. Dois fatos foram muito gratificantes: pudemos conhecer nossos clientes que não conhecíamos pessoalmente e fazer dois mil novos contatos com potenciais futuros clientes. Além da oportunidade de lançar um produto inédito – o MaxiTank, num mercado novo para nossa empresa. A demanda está aquecida e os negócios na Feira surpreenderam, em particular a procura da parte de grandes empresas do setor, para o transporte de combustível, biocombustível, químicos, entre outros. O nicho de implementos está se difundindo, só nessa Fenatran quatro novos players fizeram a sua estréia no mercado”.

Noma – Kimio Mori – Diretor Comercial – “Essa foi a melhor Fenatran de todos os tempos. Viemos para essa edição, ao contrário das anteriores, não com objetivo institucional, mas para fechar negócios. Vendemos basculantes (para construção civil e grãos), tanques (combustível convencional e biocombustível) e florestal (transporte de madeira para celulose). Os negócios realizados na Feira absorveram a produção da empresa até dezembro deste ano. De um modo geral, os investimentos dos expositores foram maiores nessa edição do evento e os visitantes se mostraram muito mais qualificados. O carga-seca semirreboque lançado pela nossa empresa carrega 1.600 quilos a mais, o que otimiza o frete e viabiliza a questão da balança nas estradas. Voltaremos em 2011, porque a continuidade na Feira é importante para a exposição da marca”.

OnixSat – Wagner Eloy, Diretor de Marketing e Vendas – “Até quinta-feira, foram vendidos 150 equipamentos de diversos produtos. A Feira conseguiu reunir toda a cadeia do setor de transportes . O visitante pôde comprar caminhão, implemento e rastreador na Feira. Muitos visitantes demonstraram interesse por nossos produtos e entrarão em contato com a empresa, em breve. A Fenatran continua sendo o principal palco do transporte da América Latina. Excelente oportunidade para lançamento de produtos e relacionamento com clientes e parceiros”, disse. Segundo ele, a empresa fez quatro lançamentos na Feira: rastreador de redundância, que oferece mais segurança para a carga, pois muitas vezes a carreta é estacionada separadamente do cavalo mecânico; Onix Spy 2, rastreador que adere a qualquer superfície metálica; Onix Nav, navegador conectado que tem localizador, indicação de caminho a seguir, comunicação entre caminhoneiro e rastreador; e Alcoolímetro , que funciona integrado aos rastreadores da linha OnixSmart. Com esse produto, é possível fazer um teste no bafômetro do veículo e um sistema envia os dados automaticamente à central de monitoramento via GPRS ou por satélite.

Randon S.A – David Anselmo Randon, Presidente, e Norberto Fabris, Diretor-Executivo – As Empresas Randon, que ocupam a maior área na Fenatran (2016 m²) entre veículos rebocados, e autopeças e serviços chegaram animadas e saíram ainda mais otimistas com as perspectivas de retomada do crescimento no mercado. Para o presidente da Randon, David Anselmo Randon “a feira serviu de vitrine para as inovações e para estreitar ainda mais o relacionamento com clientes que deram início a negociações a serem concretizadas até o final deste ano e início de 2010. O ponto alto ficou com o volume e a qualidade dos visitantes que chegaram a uma média de 800 pessoas por dia”. Já o diretor executivo da empresa, Norberto Fabris, afirma que “durante os dias da Fenatran pôde-se perceber que os clientes ficaram impressionados com as novidades apresentadas nos produtos, que agregaram mais tecnologia e maiores benefícios. Foi o caso do semirreboque basculante com caixa de carga deslizante, que permite atingir os 16 metros de comprimento mínimo na composição cavalo mecânico mais implemento rodoviário, conforme Resolução Contran nº 210”.

Recrusul – Anselmo Rocha – Executivo de Marketing – “Desde o primeiro dia a Feira foi muito movimentada e, com segurança, 90% do público que nos visitou mostrou-se altamente qualificado. A demanda está aquecida e a procura se concentra em produtos inovadores, caso do Bitrem tanque em aço carbono da empresa, com 22 unidades vendidas na Feira para um frotista da Bahia, para o transporte específico de biocombustível; mais 2 unidades de silo basculante (Bulk Haulers) e 10 carrocerias frigoríficas (Refrigerated Truck Body)A procura pelos produtos foi tanta, antes e durante a Fenatran , que o calendário de entregas está comprometido até o final de janeiro de 2010. Com certeza estaremos em 2011 com espaço maior, porque a Feira serve para mostrar a nossa força e é o principal canal de vendas, depois de nossos representantes”.

Renault – Luis Eduardo Pacheco – Diretor de Vendas Especiais – A multinacional francesa do segmento de automóveis e utilitários, aproveitou a Fenatran 2009 – 17° Salão Internacional do Transporte – para a conclusão de uma negociação importante para a empresa. “Conseguimos fechar na Feira o processo de venda de 40 caminhões modelo Master Chassi Cabine para uma grande operadora de logística”, afirmou Luis Eduardo Pacheco, diretor de Vendas Especiais da Renault. Para ele, a Feira é muito importante para a valorização da marca e prospecção de clientes. Embora não fabrique veículos pesados, a Renault sempre participa da Fenatran. “Esta edição da feira superou em muito os eventos anteriores”, disse Pacheco. A montadora de veículos de origem francesa participa da Fenatran 2009 para expor a nova linha do furgão Master, com aplicações que vão de uso para passageiros até baús para transporte das mais variadas cargas como móveis, eletrodomésticos, vestuário, produtos gráficos, entre outros. A versão Master Chassi Cabine, um comercial leve de 3.5 toneladas que pode receber baú, caçamba ou outras aplicações de carroceria, despertou interesse no público e gerou negócios para a montadora.

Repsol – Savio Paulo de Andrade Minto, assessor de marketing – “A Repsol é uma empresa espanhola e todo mundo a conhece, mas a Fenatran foi muito boa para divulgarmos a YPF, argentina, que é uma das empresas do grupo. Lançamos a Linha XV – 100, 200, 300 e 500 – de lubrificantes para transportes pesados. A Fenatran, pelo que a gente esperava – em termos de mercado no momento atual brasileiro – foi realmente muito boa. Tivemos um volume de negócios gerados bem expressivo”.

Rhodoss Implementos Rodoviários – Fernando Arenhard, gerente de vendas – Durante a feira, a empresa apresentou o semi-reboque tanque mais leve do mercado brasileiro (6.920 kg). O equipamento possui capacidade de carga líquida de 37.300 quilos e consiste em um tanque de carga em alumínio estrutural combinado, com chassi em liga de alta resistência domex 700, suspensão pneumática com três eixos distanciados e freios ABS. Para o gerente de desenvolvimento de produtos da Rhodoss, Elton Arenhard, este é um produto que o transportador buscava para diminuir custos no transporte rodoviário. “É muito importante o relacionamento com os transportadores e clientes. Fechamos alguns negócios, porém, o foco da feira é mostrar os produtos de uma empresa jovem como a Rhodoss para os transportadores”.

Scania – João Miguel Capussi – Diretor de Marketing e Comunicação Comercial – Apresentamos a nossa nova linha de caminhões das séries G e R, para uso fora de estrada e rodoviário, com visual renovado. “Do ponto de vista de negócios na Fenatran, vendemos 600 caminhões de diversos modelos, além de 50 cotas de consórcio. Aproveitamos a Feira para antecipar o lançamento dos novos caminhões, previsto inicialmente para março de 2010, o que representou uma grande economia para a empresa. Os produtos despertaram grande atração no público. A visitação ao estande foi excelente na terça, quarta e quinta-feiras. A presença do presidente Lula ocorreu em dia e hora adequados”.

Vipal – Eduardo Sacco – Gerente de Marketing – A tradicional fabricante gaúcha de produtos para reforma e reparos de pneus aumentou o seu estande na Fenatran 2009, de 350 m2 para 456 m2, e reuniu no mesmo espaço empresas parceiras como a fabricante argentina de pneus novos Fate e a Duroline – empresa na qual a Vipal tem participação de 49%, que se destaca como uma das maiores empresas nos segmentos de lonas e pastilhas para freios. Dois lançamentos se destacam no estande da Vipal na Feira, duas linhas de novas bandas pré-moldadas que fazem parte do Projeto de Sustentabilidade do Transporte da Vipal: a Ecotread e a Greentread (Tortuga). Esses produtos repercutem em 10% de economia de combustível e 6% na quilometragem. Eduardo Sacco e Rodrigo Martini Refatti, respectivamente, gerente e coordenador de marketing da Vipal, frisam que a empresa buscou apresentar na feira soluções para o cliente final, que é o frotista. Consideram que a Fenatran 2009 se mostrou muito mais profissional, focada e visitada por público qualificado. “Com as parcerias firmadas conseguimos atrair ainda mais a atenção para o nosso estande”, considera Sacco. Além disso, a presença das grandes montadoras, classificadas por eles como as “vedetes” da Feira, atrai volume maior de transportadores “que é o nosso público alvo”, atesta. Outro fato comemorado pelos executivos da Vipal é a ausência de festas e comemorações no espaço da Fenatran o que, conforme a opinião de ambos, interfere na atenção do cliente/comprador.

Visão Alternativa Informação Logística – Luciano Lima, Diretor-Executivo – A participação na Feira foi muito interessante para fortalecer a marca da empresa. Tivemos aproximadamente quatro mil novos usuários para acessar o portal com nosso produto, o lançamento da nova versão do Sistema de Cotações de Frete Visão Alternativa. Esperamos triplicar o número de novos usuários para acessar o portal com nosso produto. É um evento importante para exposição da marca junto ao público visitante ligados ao nosso novo produto – transportadoras e potenciais embarcadores.

Usimeca – Luis Loffel, Gerente Comercial – A fabricante de coletores compactadores de lixo Usimeca, de Nova Iguaçu, estado do Rio de Janeiro, concluiu na Fenatran o processo de venda de 80 coletores compactadores de lixo de grande porte para a EcoUrbis, concessionária que presta serviços para a Prefeitura de São Paulo. A empresa aproveitou a Feira para mostrar os seus novos modelos de coletores compactadores, inclusive a versão para coleta seletiva de lixo, com separador de resíduos orgânicos e recicláveis. Presente no Brasil, há 90 anos, a EcoUrbis formou há dois anos, uma “joint venture” com o grupo espanhol Ros Roca (participação de 25%) e prepara-se para lançar um semireboque para transporte de GLP . “Somos líderes do segmento e por isso foi muito importante participar da Fenatran, com estande maior que o da edição de 2007”, explica Luís Loffel, Gerente Comercial da Usimeca. “Gostei da disposição dos estandes no Salão e da visitação a nossa empresa”, concluiu Loffel.

Zetta Log – Alex Andrade, Diretor Comercial e Marketing – “Este é o primeiro ano da Zetta Log na Feira. Fizemos o lançamento oficial da empresa aqui na Fenatran. Lançamos um software diferente de tudo o que está presente no mercado brasileiro, por ser uma tecnologia que permite que o rastreamento seja realizado em 3D, além do sistema Coach Driver, que ensina o motorista a dirigir corretamente o veículo (avisa quando reduzir a velocidade, a mudar de marcha, frenagem, indica a temperatura do motor e etc). Conseguimos realizar negócios importantes e fora do Brasil. Esperamos um crescimento de 70% da empresa para o próximo ano. Tudo isso decorrente da Feira. Por isso, escolhemos a Fenatran para fazer o lançamento da empresa”.

Fonte: Revista Carga Pesada

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!