Ultrapassagem é uma das principais causas de acidente nas estradas

ultrapassagem




O Jornal Hoje começa com um recado aos motoristas que vão pegar a estrada para voltar para casa do feriadão. As ultrapassagens proibidas e o excesso de velocidade são os campeões das causas de acidentes. E os casos trágicos servem de exemplo para lembrar que todo cuidado é pouco.

Na saída para o feriado prolongado, numa ultrapassagem proibida, o motorista do caminhão provocou um acidente entre seis veículos, em Minas Gerais. Três pessoas morreram e seis ficaram feridas.

“As ultrapassagens são o momento mais crítico da viagem. E a maior parte dos acidentes consequentemente os mais graves que nós registramos no dia a dia acontece durante as ultrapassagens que são as colisões frontais que geralmente geram muitos óbitos”, disse o inspetor Aristides Júnior.

O número de mortos em outubro deste ano cresceu 13% em relação ao mesmo período do ano passado. Foram registrados 1.465 feridos em 2.354 acidentes, o que representa um aumento de 20% no número de casos em relação ao mesmo período de 2008.

Um levantamento da Policia Rodoviária Federal (PRF) de Minas Gerais comprova que o mês de outubro deste ano foi mais violento em relação ao mesmo periodo do passado. Houve um aumento de 13% no número de mortos e de 20% no número de acidentes.

Em outubro de 2009, foram registrados 1.465 feridos em 2.354 acidentes, o que representa um aumento de 20% no número de casos em relação ao mesmo período de 2008, quando foram computados 1.964 acidentes, 1.315 feridos e 113 mortes.

Sempre que houver esta sinalização no asfalto, é proibido ultrapassar. São faixas continuas que indicam que o motorista está perto de curvas, pontes ou de pistas muito estreitas.

Quando estiver pintada no chão a tracejada ou seccionada, a manobra é permitida, mesmo assim o motorista tem que tomar alguns cuidados.

Fonte: G1

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!