Brasília recebe a última etapa da Fórmula-Truck




A F-Truck chega ao final da temporada de 2009 correndo pela oitava vez no Autódromo Internacional de Brasília Nelson Piquet, sendo que em seis delas, com o título em disputa.

Este ano, sem dúvida, é um dos finais de campeonatos mais concorridos pelo fato de nomes já consagrados na F-Truck estarem na disputa pelo título, três deles já campeões da categoria: Wellington Cirino (Mercedes-Benz), Roberval Andrade (Scania) e Felipe Giaffone (Volkswagen).

O quarto candidato é o paulista Valmir Benavides (Volkswagen) que foi o piloto mais regular durante toda a temporada e atualmente lidera o campeonato. O fato de ter quatro pilotos disputando o título na final é conseqüência do alto nível de competitividade da categoria.

Os protagonistas da disputa pelo título em Brasília aparecem na tabela de classificação nas seguintes posições: Valmir Benavides 161 pontos e Felipe Giaffone 153, o paranaense Wellington Cirino com 135 pontos e Roberval Andrade com 134 pontos.

Wellington Cirino, que já saiu vitorioso nesta disputa por duas vezes (2005 e 2008), quatro vezes campeão da Fórmula Truck e terceiro colocado no campeonato disse que sua estratégia é vencer de qualquer forma. “Não dá para pensar em outra coisa a não ser chegar na frente. Mesmo assim estarei dependendo do resultado dos outros concorrentes”, contabilizou Cirino.

Para Roberval Andrade que nesta temporada sofreu com quebras e acidentes como aconteceu na largada da última etapa em Curitiba, comprometendo totalmente a sua disputa pelo título, também é tudo ou nada.

“Não tenho alternativas, vou correr para ganhar e sem medo de errar. Tenho um caminhão para vencer, mas sei que as outras marcas também estão fortes”, analisou.

Para o líder Valmir Benavides, a prova final da temporada será como outra qualquer. “Vou correr como sempre e tenho uma boa retrospectiva em Brasília onde fui segundo nos dois últimos anos. Sei que vai ser uma prova muito disputada”, diz o líder do campeonato.

Seu companheiro de equipe e segundo colocado com oito pontos atrás, Felipe Giaffone também se mostra tranqüilo. “Quero muito ser campeão novamente, mas o mais importante é que o título fique na equipe, seja comigo ou com o Hisgué”, diz Felipe.

Fonte: Amigos da Velocidade

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!