Competição Melhor Motorista de Caminhão do Brasil 2010 consagra baiano como campeão




O título de campeão da competição Melhor Motorista de Caminhão do Brasil 2010, ação criada e organizada pela Scania com o objetivo de promover segurança nas estradas e eficácia no setor de transporte, ficou com o baiano Fernando Pitanga, de 35 anos. A decisão aconteceu neste domingo, dia 12, em São Paulo (SP). O segundo e terceiro lugares ficaram respectivamente com Delmar Pereira, de Mato Grosso do Sul, e João Maria Vanderlei de Oliveira, de Santa Catarina.

Mais de mil pessoas foram assistir de perto à demonstração de talento e de equilíbrio emocional dos candidatos ao título mais importante da categoria. O domingo foi um dia intenso para os 30 finalistas, que se classificaram entre os 28.505 inscritos na competição este ano – resultado que superou a última edição do evento em 36%.

Para ter certeza que a final seria inesquecível, a Scania preparou as provas com alto grau de dificuldade. O objetivo era testar a habilidade dos competidores ao executar manobras difíceis em lugares com espaço limitado, além de avaliar o conhecimento deles em relação à segurança e à direção segura e eficaz. Todos os circuitos simulavam situações encontradas no cotidiano do motorista, como estacionar em espaços limitados e trafegar por ruas estreitas.

As disputas começaram às 9h30 e já na primeira rodada foram eliminados 12 candidatos. A partir desse momento, os pontos e colocações dos motoristas foram zerados, dando inicio aos duelos de mata-mata com níveis de obstáculos ainda maiores. Em seguida, novos desafios de habilidade descartaram o sonho de mais seis participantes de ser campeão. Após sete horas de duras avaliações, restavam apenas seis participantes que, pouco a pouco, foram deixando a chance de ocupar um lugar no pódio.

Na disputada final, o trio formado pelos motoristas Fernando Pitanga, Delmar Pereira e João Maria Vanderlei enfrentaram mais uma bateria de manobras em um circuito com grau de dificuldade ainda maior.

O grande vencedor da disputa, Fernando Pitanga, recebeu um pacote de prêmios denominado “Um Caminhão de Prêmios”, com aparelhos eletrônicos, móveis e eletrodomésticos, em um valor estimado de R$ 25 mil. Além disso, ganhou R$ 5 mil em dinheiro e terá direito a uma viagem com acompanhante para a Suécia, onde assistirá a final da competição Européia, prevista para outubro.

O segundo colocado ganhou uma viagem com acompanhante para um resort no Brasil, além de um notebook, um jogo de pneus Bridgestone com seis unidades e R$ 3 mil em dinheiro. Para o terceiro colocado, são oferecidos uma viagem com acompanhante para um resort, um notebook e R$ 2 mil em dinheiro. Todos os finalistas foram premiados com o Treinamento de Motoristas Scania Master Driver, de 40 horas.

Os campeões

O primeiro colocado, Fernando Pitanga Rode de Oliveira, de 35 anos, é morador de Salvador (BA). Motorista profissional de caminhão há 13 anos, começou como ajudante, aprendendo o ofício com os motoristas mais experientes. Fernando transporta oxigênio para a empresa Henrique Stefani entre os Estados da Bahia e Sergipe. “Não fiz aqui mais do que os motoristas fazem nas estradas em seu dia a dia de trabalho. Levo comigo reconhecimento”, ressaltou Pitanga, que considera a competição uma importante iniciativa para valorização do profissional. “Ações como essa ajudam a conscientizar as empresas de transporte e, também, outros motoristas sobre o papel fundamental que o caminhoneiro tem na sociedade”, afirma.

O segundo colocado Delmar Pereira, de 36 anos, é morador de Campo Grande (MS). Há 17 anos na profissão, Delmar transporta minério e açúcar entre os Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul para a empresa Rodobelo Transportes Rodoviario. “Agora saio daqui para levar conhecimento e experiência aos meus colegas”, disse. “Sempre fiz o melhor de mim, não foi diferente aqui hoje”, completou.

O terceiro lugar ficou para João Maria Vanderlei de Oliveira, de 30 anos. O morador de União da Vitória (SC) trabalha como motorista de caminhão há nove anos. Atualmente transporta cargas frigoríficas em todo o Mercosul para a empresa Conlog. “Levo de bom para casa muita coisa que me foi passada nas palestras e provas em que participei. Não adianta o motorista vir até aqui e não levar para o seu dia a dia tudo que aprendeu”, afirmou.

A Scania e o motorista

“A valorização do motorista como profissão sempre foi uma missão da Scania”, disse João Miguel Capussi, gerente executivo de Marketing e Comunicação Comercial da Scania no Brasil. Segundo Capussi, o motorista precisa ser reconhecido. “O caminhão não existe sem o motorista”, afirmou. “Nosso objetivo é gerar novos profissionais com novas perspectivas. Estamos fazendo nossa parte”, disse ao contar que além de promover o MMCB, a Scania apóia quatro escolas de treinamento para motoristas.

Roberto Leoncini, diretor de Vendas de Veículos da Scania no Brasil, reforçou a importância de se valorizar o motorista. “O motorista representa as empresas por todo lugar onde passa”. Leoncini, que a partir de 1º de outubro assume o cargo de diretor geral da Scania no Brasil, disse ainda que os cursos de capacitação podem mudar a história de vida de muitos profissionais.

Para Christopher Podgorski, atual diretor geral da Scania no Brasil e futuro vice-presidente de Vendas e Marketing para América Latina, o foco principal da promoção da competição é justamente o motorista. “A questão da valorização do profissional deve ser levada para outros fóruns de discussão”, afirma.

O presidente da Scania na América Latina, Sven Antonsson, esteve no evento e também enalteceu a participação dos motoristas na competição. “Não adianta ter veículos seguros se não temos motoristas em condição para dirigi-los”, diz.

A terceira edição da competição Melhor Motorista de Caminhão do Brasil contou com o patrocínio da Bridgestone e Bandag, Shell, Scania Banco, Guerra, Sest / Senat e Vale. Além disso, teve como apoiadores a Pamcary, Polícia Rodoviária Federal, Consórcio Scania Brasil, Denatran, Fabet, ATC, Centronor, CTQT, NTC, Corpo de Bombeiros, Abramet e Instituto Avon.

Fonte: Scania

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!