Vendas em lote




Nicho florestal tende a crescer

Com o mercado aquecido em vários segmentos, as fabricantes de carrocerias estão acelerando ritmo de suas linhas para atender tantas demandas. Um exemplo é o da caxiense Guerra que, já no encerramento do ano, vendeu 42 conjuntos de tritrem tora para o grupo Gafor,

Essa iniciativa de final de ano está relacionada ao forte aquecimento do setor florestal brasileiro, que necessita de incremento de implementos, tanto que as entregas estão programadas já para janeiro de 2011.

Segundo Gilmar Marinho, gerente Comercial da Guerra, o segmento florestal está em franco crescimento e a Guerra tem produtos especializados para o atendimento deste setor. “A linha contempla modelos de composição desde semirreboque, bitrem, tritrem e rodotrem”, diz o executivo.

Tritrem

O modelo escolhido pela Gafor tem algumas configurações específicas, para dar conta do peso a ser transportado. Cada conjunto conta com três pinos (num total de 126), caixa de carga de 6.300 cm³, adequado ao comprimento das toras encontradas nas regiões onde os equipamentos operarão como no estado do Espírito Santo e sul da Bahia. Este tipo de implemento tem PBTC (Peso Bruto Total Combinado) de 74 toneladas e atinge um comprimento de 25,9 metros de comprimento, contando com o cavalo 6×4, necessário para puxar a composição.

Para o diretor do Grupo Gafor, Sergio Maggi Júnior, a escolha privilegiou a customização do produto. “Este quesito, aliado à qualidade técnica e durabilidade dos equipamentos foi decisiva para a escolha da marca Guerra”, pontua. A empresa atua no segmento de transporte e logística e mantém atualmente uma frota de 2.600 equipamentos de transporte com idade média útil de dois anos de uso.

Fonte: Transpoonline

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!