Caminhões, uma categoria de peso no Rally Barretos




Eles impressionam pelo tamanho e seus tripulantes são chamados de “loucos” pelas pessoas que lotam as arquibancadas do Rally Barretos. Em 2011, pilotos, navegadores e copilotos da categoria Caminhões, prometem mais uma vez, estremecer o chão do Parque do Peão

Motos, quadriciclos, carros e caminhões; esses são os veículos que disputarão o 5º Rally Barretos, que acontece neste próximo final de semana, 25 a 27 de março, na cidade de Barretos, interior de São Paulo. Mas, nenhum deles chama tanta atenção quanto os caminhões, afinal de contas, para quem não conhece, é fácil perguntar: “é possível acelerar em alta velocidade um veículo tão grande em estradas de terras, repletas de obstáculos, sem ocasionar nenhum acidente?”

A categoria caminhões é dividida em duas subcategorias: a T4.1 (até 4.800 kg – Caminhões Leves), e T4.2 (acima de 4.801 kg – Caminhões Pesados), e quem responde essa pergunta é Guido Salvini, da T4.2:

“Com certeza, mas é preciso treinar bastante, e o mais importante é ter talento, faro e rapidez de reflexo, pois não há tempo para pensar. O computador (cérebro) tem que estar alerta e já ter programado os problemas e situações que aparecer. Coragem e aptidão estão implícitas”, contou Guido Salvini, da Salvini Racing, que pilota um Mercedes-Benz Atego 1725.

O time, composto também pelo navegador Flávio Bisi e pelo copiloto Fernando Chwaigert, buscará a quarta vitória no Rally Barretos, local onde adquiriu o apelido de “Caminhão Voador”, após um salto de mais de 1,00 metro de altura no ano de 2007, levando o público a loucura. “O caminhão é como se fosse um tijolo, não tem aerodinâmica. Imagina a força e potência que esse motor tem. É como domar um touro”, comparou Salvini.

Já o atual campeão Brasileiro da T4.1 (Leves), Amable Barrasa, da equipe Autoliner, ingressa este ano na categoria dos Pesados, ao lado do navegador Evandro Bautz e do copiloto Leandro Mota. O trio segue no comando de um Ford Cargo. “Terei um novo desafio, estrear entre os Pesados. Apesar de saber das dificuldades, acredito que o sucesso já virá em 2011. É importante ter um grupo unido e que esteja 100% focada no projeto, e foi isso que me deu estímulo para conduzir o caminhão na T4.2, que teve um desenvolvimento especial, com a ajuda do Ulysses Marinzeck”, declarou o piloto.

Mas não é só isso, Barrasa terá como companheiro de equipe o filho, Rafael Conde, que assumiu a vaga do pai no Ford F-4000, e estreia como piloto no rali cross country, e contará com a navegação do experiente José Papacena. “Nosso equipamento é muito confiável, possui uma grande durabilidade e dificilmente quebra durante as provas, por isso, temos uma boa expectativa para esta etapa. Tenho certeza que saberei dosar o toque da corrida, para não deixar a ansiedade tomar conta de mim”, ressaltou.

O 5º Rally Barretos começa nesta sexta-feira, 25, às 19:00 horas, com o briefing entre organização e competidores. Os motores entrarão em ação, no sábado, 26, a partir das 10:00 horas, com a realização do prológo de carros e caminhões, em um circuito fechado, montado no Parque do Peão. Mais uma vez, a população poderá prestigiar a disputa, em arquibancadas montada no local.

No domingo, 26, um novo Super Prime a partir das 10:30 horas, também aberto ao público. O evento encerra-se às 15:30 horas, com um show ao ar livre da nova dupla sertaneja, João Neto e Fabiano.

Fonte: Cross Brasil

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!