Novo Ford Cargo 2012




A Ford traz ao mercado sul-americano a linha Novo Cargo 2012, um lançamento muito aguardado no setor de veículos comerciais. A apresentação do Novo Cargo 2012 excede a expectativa por lançar, ao mesmo tempo, uma linha com onze modelos, cinco das quais com a opção de cabine-leito. São modelos totalmente novos, com vendas a partir de maio, numa condição imbatível por reunir design moderno, qualidade, conforto, desempenho, funcionalidade, versatilidade e preços altamente competitivos.

Com caminhões na faixa de 13 a 31 toneladas de peso bruto total, e com capacidade máxima de tração de até 63 toneladas, o Novo Ford Cargo é um projeto global que foi desenvolvido nos estúdios de design e centro de engenharia de Camaçari, Bahia, e de São Bernardo do Campo e Tatuí, em São Paulo, com intensivo suporte das unidades dos Estados Unidos e Europa. A sua concepção teve como base as pesquisas e os testes realizados na América do Sul, o que resultou num produto apto para diferentes mercados.

“Este é um momento muito importante para a Ford Caminhões, uma marca pioneira na América do Sul. Lançamos uma linha completa de caminhões como parte dos investimentos de R$ 670 milhões que estamos realizando até 2013 na Operação de Caminhões. O Novo Ford Cargo vai surpreender o mercado por exceder os requisitos desejados nesse crescente segmento de mercado”, diz Marcos de Oliveira, presidente da Ford Brasil e Mercosul.

“Estamos mais uma vez fazendo história e mostrando a capacidade técnica dos engenheiros e designers da América do Sul em criar caminhões de padrão global”, enfatiza o executivo.

Beleza e funcionalidade

A nova linha é formada pelos modelos Cargo 1317, Cargo 1517, Cargo 1717, Cargo 2622, Cargo 2628, e Cargo 3132, com cabine-regular; e Cargo 1722, Cargo 2422, Cargo 2428, Cargo 1932R e Cargo 1932, com cabine-regular ou cabine-leito.

O Novo Ford Cargo reúne o conceito mais moderno de design. Apresenta linhas modernas e bonitas, mas também robustas e fundamentalmente funcionais. A modernidade está em evidência nas linhas limpas e no desenho empregando a chamada linguagem Kinetic Design da Ford, que busca dar uma sensação de movimento ao veículo, mesmo com ele parado.

A robustez está presente no uso de materiais de alta resistência, no para-choque forte e nas caixas de rodas encorpadas. O aspecto funcional é apresentado na aerodinâmica, no capô de fácil acesso, no basculamento de 60 graus e rápida operação e no interior totalmente criado para facilitar a vida do motorista.

“A criatividade de nossos designers partiu de um conceito fundamental: desenhar uma cabine totalmente nova, entendendo as necessidades dos frotistas e motoristas autônomos. Sabemos que eles desejam um caminhão prático, funcional e com o valor agregado do design. Além disso, buscamos manter a identidade do Cargo, que sempre se destacou pela ampla área envidraçada”, explica João Marcos Ramos, chefe de Design da Ford América do Sul.

Essa visão pluralista de criação representa um dos pontos fortes do Novo Ford Cargo 2012. “É uma nova geração de caminhões, cujo resultado final agradou nas nossas pesquisas com clientes de vários países”, diz Ramos.

As linhas do novo caminhão são marcantes e detalhistas. Na área frontal, destaca-se um conjunto de grades superior e inferior, com desenho característico da marca Ford, com uma tela ao fundo em estilo colmeia. Dois amplos defletores aliam efeito visual de movimento e contribuem para criar um fluxo de ar nas laterais da cabine ajudando a manter as portas limpas.

A ampla área envidraçada, em conjunto com janelas auxiliares tipo vigia, amplia a visibilidade, com estilo moderno. A funcionalidade do perfil arredondado visa à melhor aerodinâmica. O conjunto funcional-estético também é visto nos amplos retrovisores bipartidos e com comando elétrico opcional. No centro do capô, há o oval Ford, também amplo, que marca a identidade desse produto.

A lateral da cabine também é limpa e fluída, com ausência de frisos e recortes desnecessários. A abertura das portas é de grande amplitude, facilitando o acesso. Os degraus de acesso à cabine são robustos e funcionais e têm piso antiderrapante, com grade vazada em formato colmeia que evita o acúmulo de sujeira.

Aspecto funcional também foi aplicado na tomada de ar do motor, que fica protegida sob o capô, liberando espaço. A cabine ganhou válvulas de ar na traseira, para renovação do ambiente mesmo com os vidros fechados.

Conforto e versatilidade

Suspensão na cabine, novas transmissões com sistema de acionamento por cabo, válvula de freio de seis vias, coluna de direção com ajuste pneumático, chave com código eletrônico antifurto, vidros elétricos de série e a opção de bancos com suspensão pneumática extra-conforto, travas e retrovisores elétricos são algumas das novidades.

Em seu interior, a cabine é ampla e confortável. A suspensão da cabine, composta por quatro conjuntos de amortecedores, isola as oscilações da pista e traz um padrão superior de conforto para os ocupantes. Por dispensar abertura para a alavanca de câmbio no basculamento, a nova cabine é totalmente fechada, garantindo a vedação contra poeira e diminuindo o nível de ruído.

Duas alças de acesso junto ao banco e ao batente da porta facilitam a entrada e saída do veículo. O nível interno de silêncio é um dos pontos marcantes do Novo Cargo, graças à aplicação de materiais de absorção e ao projeto da nova cabine.

Os bancos, com desenho ergonômico, trazem várias opções de regulagem. O revestimento é feito em tecido de padrões modernos, resistentes, de toque agradável e fácil limpeza. Na versão leito, a cama é uma das maiores do mercado, com 1,90 metro, e traz embaixo um amplo compartimento para malas.

O painel é moderno, ergonômico e envolvente, estando direcionado para o motorista. Traz todos os comandos à mão. É feito com material ecológico, em polipropileno de segunda geração reforçado com fibra de sisal, patenteado pela Ford, que forma uma peça de alta resistência.

Os instrumentos são completos. Têm velocímetro separado do tacógrafo, de fácil visualização. Diversas luzes de advertência e com aviso sonoro foram incorporadas e o painel mantém-se iluminado em todo o momento, mesmo quando as luzes estão desligadas, na cor Ice Blue. Também há central de informações digitais.

A nova coluna de direção com ajuste pneumático permite ao motorista escolher a posição mais ergonômica. O sistema de ar-condicionado, opcional com filtro de pólen e recirculação de ar, evita a entrada de poeira na cabine.

O Novo Cargo também vem equipado com vidros elétricos de série e a opção de travas e espelhos elétricos. Traz ainda luzes de leitura individuais, acendedor de cigarro, tomadas de 12V e 24V, ponto de ar comprimido para limpeza da cabine, preparação para instalação de som e diversos porta-objetos que proporcionam maior comodidade aos ocupantes da cabine.

Desempenho e segurança

A Nova Linha Cargo é equipada com os motores Cummins de 4 e 6 cilindros, reconhecidos como os melhores do mercado pela robustez, durabilidade, economia e baixo custo de manutenção. Ela recebeu as novas transmissões Eaton das famílias FS, de seis marchas com primeira sincronizada, e FTS, com 13 marchas, totalmente sincronizadas. Todos os modelos trazem ainda embreagem mais robusta e durável e novo acionamento da transmissão por cabo, que torna os engates mais leves, suaves e precisos.

O eixo traseiro 6×4, da Arvin Meritor, tem carcaça robusta e é de alta durabilidade. A suspensão dianteira é calibrada para oferecer maior conforto, junto com a nova suspensão da cabine.

O Novo Cargo oferece segurança ativa e passiva. Os freios trazem uma nova válvula APU, com pórticos adicionais para a instalação de acessórios. A suspensão traseira é de alta resistência e forma um dos melhores conjuntos do mercado.

Os faróis têm grande luminosidade e as lanternas dianteiras e traseiras são amplas, aumentando a visibilidade e a segurança. Há repetidores de seta nas laterais. Os comandos dos piscas, farol alto, buzina, lavador e limpador do para-brisas, reunidos numa única alavanca multifuncional, contribuem para que o motorista mantenha a atenção na pista. O cavalo-mecânico e os modelos 4×2 e 6X2 vêm com um retrovisor superior adicional que reduz os pontos cegos e facilita as manobras. A vareta de óleo do motor fica protegida sob o capô, fechado com chave.

O Novo Cargo conta com um sistema que trava automaticamente as portas quando o veículo atinge a velocidade de 8 km/h e oferece a opção de travas elétricas com fechamento global. A chave vem com o Sistema Global de Segurança antifurto da Ford (PATS), dotado de código eletrônico, que também permite que o motorista faça o bloqueio eletrônico do caminhão por meio de um código numérico.

A acomodação do macaco, triângulo e chave de roda sob o banco do passageiro, em um compartimento específico e revestido, aumenta a segurança, facilita o acesso e também evita a geração de ruídos.
Qualidade e manutenção

O Novo Cargo é resultado de um projeto desenvolvido no Brasil com as tecnologias mais avançadas de design e engenharia e apoio da estrutura global de recursos da Ford para oferecer o mais alto padrão de qualidade. Foi o primeiro projeto de caminhões da Ford no mundo a usar o sistema global de desenvolvimento do produto da marca (GPDS), que permite o trabalho simultâneo de todas as áreas de engenharia para uma execução rápida e otimizada.

Foram utilizadas sofisticadas ferramentas virtuais para aprimorar o desempenho do veículo e todo o processo de manufatura na linha de montagem desde o início do projeto, antes mesmo da construção do primeiro protótipo. Foram mais de 2.000 testes em equipamentos computadorizados de última geração.

A sua produção em linhas automatizadas garante extrema precisão dimensional e qualidade. O investimento em equipamentos automatizados, tanto na produção da cabine como na montagem, traz maior precisão, controle e qualidade dos processos produtivos.

Além disso, a nova Linha Cargo passou por mais de 450.000 km de testes no Campo de Provas da Ford em Tatuí, SP, e em estradas da América do Sul para garantir seu desempenho e durabilidade. Foram construídos 50 protótipos em três fases. Além disso, numa fase de pré-montagem, foram produzidos 100 caminhões destinados exclusivamente para testes de rodagem e de manufatura, unidades que foram desmontadas após esses programas.

“A Ford investiu alto nesse produto, desde a fase de projeto e testes até o processo de manufatura, em parceria com fornecedores. Esse cuidado e a atenção do time de engenharia da Ford Caminhões visaram a entregar tudo o que o cliente precisa”, afirma João Filho, engenheiro-chefe de Desenvolvimento do Produto de Caminhões da Ford.

A engenharia de Serviços também participou do projeto do Novo Cargo em todas as fases, visando a garantir a facilidade de manutenção do veículo. O objetivo foi simplificar a remoção e instalação de equipamentos, além de ampliar os intervalos de manutenção, diminuir o tempo das operações e a necessidade de ferramentas especiais.

Como parte das propostas de serviços, o acesso aos itens de manutenção é facilitado pelo capô amplo e leve, que dispensa o basculamento da cabine. O para-choque dianteiro é composto por três partes e oferece um custo menor em caso de substituição. Os faróis com máscara protetora facilitam a troca de lâmpadas.

O diagnóstico do motor é de alta precisão devido à inclusão de um visor digital no painel de instrumentos que informa os códigos de falha. A caixa de fusíveis é localizada no painel do lado do passageiro, oferecendo fácil acesso. A limpeza do para-brisa é facilitada por duas alças sob o vidro e apoio para o pé no para-choque.

O basculamento da cabine é feito por um avançado sistema hidráulico, que exige menor esforço e oferece um ângulo de abertura maior para acesso ao motor. A nova coluna de direção, com sistema “lube-for-life”, dispensa a lubrificação por graxeiras.

Comprometimento e mercado

O projeto da linha Novo Cargo 2012 consumiu três anos de intenso trabalho de desenvolvimento e pesquisas junto a clientes reais. O objetivo foi criar a melhor proposta no segmento de caminhões, com o comprometimento da Ford em apresentar uma linha moderna e eficiente num mercado onde a marca Ford tem grande aceitação.

A Ford Caminhões tem uma participação de 19% na América do Sul. No Brasil, está entre as três marcas de maior prestígio e sua participação de mercado foi 23,9%, excetuando-se os caminhões extra-pesados segmento onde a marca não atual. Na Argentina, a Ford tem 23% de mercado, enquanto que no Chile é de 6%. Na Venezuela, a Ford é líder de mercado com 38% de participação.

“Este é o principal lançamento do ano no segmento de veículos comerciais e com a linha do Novo Ford Cargo 2012 a nossa previsão é crescer neste mercado. Passamos a oferecer a cabine-leito, versão inédita na Ford, e os nossos modelos ganharam mais competitividade e estão entre os mais modernos do mundo”, afirma Oswaldo Jardim, diretor de Operações de Caminhões da Ford América do Sul.

“Nossas pesquisas mostraram que os clientes ficaram satisfeitos com a nova linha. Tradicionalmente, sempre estivemos entre os principais do mercado e vamos dinamizar ainda mais nossas operações. Oferecemos tudo que o nosso cliente precisa: design, qualidade, desempenho, funcionalidade, versatilidade e serviços. No Brasil, por exemplo, temos 134 distribuidores exclusivos de caminhões perfeitamente aparelhados. Por todos esses aspectos, posso dizer que o Novo Ford Cargo é o lançamento do ano em veículos comerciais”, conclui Oswaldo Jardim.

Material e fotos cedidos pela Ford Caminhões do Brasil




36 comentários em “Novo Ford Cargo 2012

  • 14/12/2013 em 00:56
    Permalink

    Giovani bs.poxa só esse cambio de 12 marchas estamos saindo dos cambio com muitas marchas chega ford com 12.kkkkkkk

    Resposta
  • 11/07/2012 em 23:09
    Permalink

    o ford cargo ficou muito bonito e confortável só que achei que deixou a desejar na potencia . carregado fica muito fraco .

    Resposta
  • 10/04/2011 em 21:20
    Permalink

    parambéns ford estes caminhoes seu fai estora de vendas pelo mercosul.eu nao tenho caminhao mais é meu sonho compra um de 1722 fod cargo.é bom de manuntençaos, e tenhei mais seguranças esta empresa pensa nos operador deste estrumentos de qualidades.parambéns ford.

    Resposta
  • 10/04/2011 em 14:59
    Permalink

    Fico sem duvida mto bonito, mais a linha 6×4 pelo que me parece nao vai ter cabine leito ??! A linha ” Canaviero ” tbm precisa de uma cabine leito !! Rafael Canaviero$ !!

    Resposta
  • 10/04/2011 em 12:24
    Permalink

    Eu confesso que esperava um pouco mais,tá lembrando muito o constelation,mas…. Marra as carça Atego….

    Resposta
  • 09/04/2011 em 15:22
    Permalink

    ate q em fim a ford acertou na cabine ficou chique em

    Resposta
    • 09/04/2011 em 19:33
      Permalink

      Ficou chique mesmo, Oziel.
      Mas a FORD já tinha acertado em 1985 quando fez a primeira cabine avançada, tanto que todo mundo depois seguiu a mesma linha.
      Em termos de conforto, acho que essa cabine vai ser difícil de ser batida, viu? O Pedro Trucão também gostou muito!
      Visita o nosso blog que vamos colocar mais fotos dele quando chegar o nosso primeiro:
      http://www.amigosdasuaestrada.com.br

      Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!