Pilotos acreditam que durabilidade do equipamento pode trazer bons resultados no Rio de Janeiro




Tão importante quanto velocidade e consistência, por vezes a durabilidade decide corridas, especialmente em um campeonato tão exigente quanto a Fórmula Truck. E a pista que recebe a segunda etapa da temporada, marcada para o próximo domingo (3), é conhecida exatamente por levar o equipamento ao limite: os caminhões terão pela frente um verdadeiro teste de resistência no Rio de Janeiro.

O que pode ser motivo de preocupação para alguns é, na verdade, o trunfo da dupla do TNT Energy Team. O brasileiro André Marques e o argentino Luiz Pucci chegam para a corrida deste fim de semana apostando bastante na confiabilidade do Volvo. “Eu espero mesmo que seja uma corrida no estilo ‘Rio, 40 graus’. A resistência do nosso caminhão pode ser decisiva em comparação aos outros modelos”, afirma André Marques.

“As quebras, especialmente de motor, são comuns para diversas marcas, mas no ano passado, durante as corridas, nós tivemos apenas um problema desse tipo em caminhões Volvo”, destaca o piloto, que estreou na categoria exatamente no Rio de Janeiro em 2010. Naquela oportunidade, marcou pontos com um 11º lugar. “Agora, com as evoluções do caminhão, a meta é chegar ao pódio. É a nossa vontade, mas ela está totalmente dentro da realidade”.

A boa expectativa de André Marques passa também pelo teste particular que ele completou ao lado de Luiz Pucci há algumas semanas em Londrina. “Fomos para o treino com toda a base da primeira corrida, levamos o pessoal de engenharia, de motor, e a evolução foi clara, ganhamos quase um segundo no tempo de volta. Ainda falta um pouco para o caminhão ficar 100%, mas estamos indo para o Rio de Janeiro muito competitivos”, afirma Luiz Pucci.

O piloto fez a estreia dele na Fórmula Truck – e no esporte a motor de uma forma geral – no mês passado durante a primeira etapa, em Santa Cruz do Sul. Esteve bem perto de marcar seus primeiros pontos no campeonato, uma meta adiada para este fim de semana. “Na primeira corrida, o objetivo era terminar, ganhar quilometragem. Desta vez, quero ir pra cima e se possível pontuar bem”, revela Luiz Pucci.

Fonte: Cronospeed

Inscreva-se




2 comentários em “Pilotos acreditam que durabilidade do equipamento pode trazer bons resultados no Rio de Janeiro

  • 01/04/2011 em 19:08
    Permalink

    quero ver no Nordeste

    Tem como arrumar a Lista do Campeonatoo
    Caruaru que tem Muito”

    Resposta
  • 31/03/2011 em 22:52
    Permalink

    Eu vou ta la pra assistir…kkkkkk

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!