Caminhoneiros entram na justiça para garantir diárias




O acordo entre caminhoneiros e a Bunge Alimentos, fechado entre o Sindican de Londrina e a Bunge de Maringá (PR), caiu por terra na manhã de hoje, 7. Indignados pela falta de cumprimento do acordo, os motoristas entraram com um ação judicial, em Pelotas, para apreender a carga, com direito de venda, para saldar o prejuízo, conforme a lei, explica Rafael Vidoretti, representante do Sindican paranaense.

Quando os caminhoneiros chegaram ao escritório da Bunge, no posto Ongaratto, pátio onde estão parados desde segunda-feira da semana passada, 28, aguardando a chamada para descarregar, funcionários disseram que a Bunge Alimentos do Rio Grande não havia recebido nenhuma autorização de pagamento das diárias. “O acordo foi feito em Maringá (PR). A Bunge Sul é que não quer acertar. Assim, o acordo não saiu de dentro da sala”, frisa Rex.

O acordo, fechado na tarde de quarta-feira, 6, segundo Jair Rex, caminhoneiro à frente do movimento, previa o pagamento de R$ 0,60 a tonelada/hora e 12 horas de prazo para descarregamento. “A lei é clara. É R$ 1 por tonelada/hora e cinco horas de prazo. Mas concordamos para não perdermos ainda mais, pois tem gente aqui parada há 10 dias”, relata.

Os motoristas não descartaram o fechamento da BR-392 se a Bunge Alimentos não cumprir o acordo. E enquanto caminhoneiros e funcionários do escritório discutiam o cumprimento do acordo, outros impediam a saída de qualquer caminhão do pátio. Preocupados com a segurança do local, a Polícia Militar foi acionada pela Bunge.

Fonte: Jornal Agora

Inscreva-se




10 comentários em “Caminhoneiros entram na justiça para garantir diárias

  • 05/06/2014 em 22:32
    Permalink

    Amigos , infelizmente estamos abandonados. Fiquei 12 dias em Vitoria da Conquista e apos 3 meses depositaram um cheque de 3000 R$ sem assinar . Hoje pouco mais de dois meses estou no RJ a uma semana esperando a boa vontade de outra firma para descarregar .Como vou pagar minhas contas desse jeito . Gostaria que alguma autoridade deste pais defendese nosso trabalho. Eu tambem tenho familia para sustentar mas desse jeito esta dificil. Na minha opiniao o jeito e abandonar esta profissao , pois estou cansado de tanta ingratidao, me sinto impotente, pois estao fazendo galpao de estoque da nossa ferramenta de trabalho .Socorro pulem forra enquanto e tempo

    Resposta
  • 27/05/2012 em 19:35
    Permalink

    A lei é clara, diz 1 real ton/hr ( peso lotação_ pois parado deixa de carregar a tara completa) parado após 5 horas; isto que o sindicato deveria cobrar judicialmente, mas não o fazem, sempre dão uma ajeitadinha para os embarcadores. Caramba, fechem os portões da Bunge, ESTACIONEM EM FRENTE E SÓ SAIAM AO RECEBER.
    O pior inimigo do caminhoneiro em primeiro lugar é os tais sindicatos, depois são os próprios. Querem respeito, mas começamos o desrespeito por nós mesmos. Não nos valorizamos, aceitamos tudo calado.. qual juiz de merda pode obrigar um autônomo a carregar_ nenhum, parem um Mês e veremos o caos em que se transforma as logísticas, transportadoras e todo sistema de entregas destes que, fazem acordos e não cumprem. Parem e vamos ver o que diz governo sobre criar uma tabéla mínima de valores de fretamento, fim do frete retorno( pedágio não diminui, estrada não encurta na volta), e o cumprimento da lei de descarga em 5 hs. Caminhão não é deposito de incompetentes.

    Resposta
  • 10/04/2011 em 20:05
    Permalink

    infelizmente essas coisas sao bem reais, a maioria nao consegue ficar parado por que tem as conta pra pagar, e outro fator e que nao existe uniao geral da categoria, se sabe que quando um nao quer dois nao faz, e tem mais a maioria dos sindicatos sao tudo coligados com as empresas, porque porque as leis funcionam pra elite e pros trabalhadores nao? por que trabalhador na sua maioria sao ignorantes e nao sabem dos seus direitos. Fico triste com tudo isso ainda mais que estou querendo investir um dinheiro numa carreta pra eu trabalhar. Dificil, ser ou nao ser eis a questao…entende.

    Resposta
  • 09/04/2011 em 17:23
    Permalink

    Pior que sempre tem uma desculpa,bunge aqui de cascavel é sempre assim,o pai prefere carregar calcario pra descarrega em fazenda,do que adubo’

    ontem mesmo,na bunge daqui,pai chegou 7 hora da manhã pra descarregar,pegou a senha 19 ,começaram chamar os caminhao 10 hora da manhã,pararam pra 2 hora de almoço,ae voltaram,ae 3 hora da tarde pararam denovo,ficou até as 6 sem movimentação alguma,e o pai foi sair de lá 11 hora da noite,e a desculpa deles de ter parado foi que um motor do tombador tinha estragado..

    se fosse uma vês ou outra,mais é sempre desse jeito,toda vês que o pai carrega aqi pra bunge,é a mesma novela.

    se os cara tivessem vontade de trabalhar,em uma manhã os cara descarregava uns 20 caminhão ,tombador,é 10 minuto cada caminhão..

    é incrivel como os cara fazem os caminhoneiro de bobo,e a gente num pode fazer nada’ :s

    Resposta
    • 10/04/2011 em 09:58
      Permalink

      sim podem fazer alguma coisa. Basta querer tambem, mas as coisas no Brasil sao tao dificeis nao e mesmo.

      Resposta
      • 10/04/2011 em 16:08
        Permalink

        qe nada companheiro,de fato num pode fazer nada,é como estar de mãos atadas’

        tipo,se vc toma alguma medida mais drastica por ta parado no pátios dos cara um tempão,os cara te cortam o carregamento e o descarregamento pela empresa,se vc levantar o tom de vós com qualqer funcionario,os cara já cortam’ :/

        o meu tio uma vês,fechou o patio acho qe era da cotriguaçu,lá em paranaguá,tipo os cara tiraram ele do patio do porto,pra levar eles pro patio da cotriguaçu e num pagar diaria,no causo,eles tavam em 15 motora pra descarregar trigo,e lá só tavam chamando farelo de soja,os 15 motora qe tava com trigo,ficaram 4 dias lá,e os cara num falavam nada de quando ia descarregar,ae no quarto dia,tio e um amigo dele,decidiram fechar os portão lá do farelo,e disseram qe eles num ia descarregar nenhum farelo,enquanto num começasse o trigo,nisso veio até o chefão lá pedindo pra tirar os caminhão,tals,ae o tio flw qe num ia tirar enquanto num começasse descarregar.. num deu 5 minuto,o cara foi lá pra dentro,voltou e disse que tava tudo certo que eles podia descarregar normal’

        ae começaram chamar..

        ae blz,tio descarregou tudo,e saiu, ae teve um dia que ele foi carregar na mesma firma,e o computador dos cara negou o cadastro dele,e falaram que ele num podia carregar pela aquela firma,pq ele “desrespeitou as normas da empresa e desacatou os funcionarios da mesma”
        bem no fim,o tio e o amigo dele,tiveram que pegar um advogado,mecher com ação judicial esses negócio,e no final pedir desculpas por ter feito aquilo,se não eles num carregavam e nem descarregavam mais na cotriguaçu :/

        é foda,tipo.é saber que pode fazer alguma coisa,mais ao mesmo tempo,não poder’ :/ brasil,brasil né’ …

  • 09/04/2011 em 02:45
    Permalink

    Acho que um dia todos os caminhoneiros deviam parar de andar, e deixar o Brasil todo parado, para vêr como Caminhoneiros tem valor.

    Resposta
  • 08/04/2011 em 19:20
    Permalink

    Eu sai da empresa onde eu trabalhava, porque eles recebiam as diarias e nao repassavam uma parte para nos, ainda mais que trabalhavamos por comissao, so para terem nocao fiquei 10 dias parado no polo petroquimico de camacari BA, e nao recebi um misero centavo.

    Resposta
    • 09/04/2011 em 12:23
      Permalink

      Oi Leonardo.
      Ta vendo porque eu ainda nao comprei meu caminhao, paixao eu tenho demais so me falta coragem de aguentar essas humilhacoes, meu sangue ferve. Pela misericordia do Senhor isso ainda vai mudar, e melhorar a categoria.

      Resposta
  • 08/04/2011 em 17:42
    Permalink

    Ai ta vendo, se um pai deixar de pagar pensao pro filho(a) ele e prezo na hora, meu tio caminhoneiro deixo de pagar a pensao da filha que tem alguns problemas mentais aos 18 anos de idade, no entanto ele nao sabia que era obrigado a continuar pagando, a mae da mesma asionou a policia e ele foi prezo com o caminhao carregado la na Bahia, sendo que ele mora no estado de Goias, resumindo porque a lei nao funciona da mesma forma pros caminhoneiros? Greve e se possivel descarrega a mercadoria deles tudo na rodovia e chama o povo pra levar. Classe trabalhadora sendo humilhada.

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!