Europa – Motor Iveco Cursor com 13 litros e 500 cv na gama EcoStralis




A Linha EcoStralis, apresentada pela Iveco na última edição do IAA, e que os clientes espanhóis conhecem desde outubro, tem um novo membro: motor Cursor 13L de 500 cavalos. Assim, a Iveco oferece “um produto integrado” para ajudar os clientes a minimizar o consumo de combustível.

Javier Mora, Gerente de Produto da Iveco Espanhola, disse: “Nós combinamos a técnica com a tecnologia, mecânica, pneus, formação e algumas soluções como Ecofleet e EcoSwitch para conseguir um produto integrado, que busca a máxima rentabilidade.” O EcoStralis pode ser encomendado em cavalos 4×2 e 6×2, com dois e três eixos, e agora em três níveis de potência, o motor de 420 cv e 460 cv como motores Cursor 10 (este último oferece mais 10 cv que o seu antecessor) e o novo Cursor 13 de 500 cv. Todas as possibilidades estão certificadas como EEV, e trabalham com a caixa Ecotronic de 12 de marchas, chamado de Ecofleet pela Iveco, porque você só pode utilizá-la em modo automático, “para evitar ou minimizar os erros na condução.”

Jesus Martinez, diretor da série pesada da marca, disse o EcoStralis não substitui qualquer versão anterior do Stralis, “mas complementa a oferta.” Ele se refere aos equipamentos disponíveis, que inclui de série o sistema de ajuda de partida em rampa (Hill Holder), formação de condutores, três anos de garantia ou 450.000 km, e as EcoSwitch e Ecofleet, já mencionadas. “Agora, o motorista tem pouco impacto”, segundo Martinez, porque ele só tem de gerir a pressão sobre o acelerador, aproveitando a inércia do motor do caminhão e de frenagem e, se necessário, corrigir manualmente a marcha selecionada, mas o caminhão , depois de alguns segundos, detecta que a seleção não é a mais adequada e deve ser alterada.

Sistemas ECO

O EcoSwitch é um sistema incorporado no EcoStralis que, através de uma chave, o condutor ou proprietário de frota podem limitar o desempenho do caminhão, mecânico e do software que gerencia a caixa de câmbio. A velocidade é limitada a 85 km/h (embora muitos clientes estão pedindo para ser de 87 km/h) e também reduz o torque do motor, se a carga for inferior a 30 toneladas. Os certificados emitidos pela TUV na Alemanha, o consumo de uma EcoStralis 460 cv maximizando o seu potencial é 7,32% menor (cerca de 2,4 litros por 100 km), o equivalente ao Stralis 450cv. Em uma distância de 600 km, com velocidade máxima de 87 quilômetros por hora supõe sete minutos a mais de viagem, e a 85 km/h, cerca de 20 minutos.

No que diz respeito ao Ecofleet, a caixa de mudança automática ZF é chamada de Iveco Ecotronic, pois só pode ser usada em modo automático. Ela eliminou a função ‘semi’ a pedido dos frotistas, que são também gestores da chave Ecoswitch. Além disso, o veículo oferece uma opção para o monitoramento contínuo da pressão dos pneus (TPMS) e envolve um curso de formação para o motorista. Ele também inclui alguns pacotes especiais voltados para a segurança do consumidor e, para além das campanhas de manutenção especial EcoStralis. Em princípio, um EcoStralis de 420 ou 460 cv tem um custo de 9 mil Euros acima do equivalente Stralis “, mas pode ser amortizado em menos de um ano e meio, dependendo da aplicação pretendida, sem contar que leva a garantia máxima Iveco por três anos “, disse Alberto Romero, gerente de produto da Iveco.

Fonte: NEXOTRANS

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!