Protetor lateral, agora, é equipamento obrigatório




A exigência do protetor lateral, equipamento de segurança, é regulamentada pela Resolução 323, do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), publicada em 27 de julho de 2009 e alterada pela Deliberação 106 do órgão, de 28 de dezembro de 2010.

Na contramão da lei, motoristas estariam ignorando a instalação do protetor nas carrocerias dos caminhões. “Está havendo uma certa resistência por parte de quem está adquirindo o veículo. Não vi até agora nenhum caminhão equipado com o protetor”, questiona um empresário, que também atribui o esquecimento à fiscalização do componente. Muita gente esperou que o protetor não fosse cobrado. O equipamento de segurança é obrigatório e, mesmo assim, não é exigido nos veículos usados ou sinistrados.

Porém, para o Denatran, ao qual o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) é subordinado, a exigência não é viável. O órgão alega que, durante os estudos para elaboração das regras da Resolução 323, foi notado que muitos veículos em circulação não teriam condições estruturais para receber o protetor lateral. Assim, diante da constatação de inviabilidade de uso do dispositivo de segurança por parte de todos os veículos em circulação, o Contran decidiu que a norma atingiria apenas os veículos novos.

Questão de segurança

Essa opinião é compartilhada por Sérgio Correa, gerente de engenharia de produto da Guerra, uma das maiores fabricantes de reboques do Brasil, que também acredita que houve demora na obrigatoriedade do dispositivo. “O protetor é amplamente usado no Primeiro Mundo. A exigência demorou para ser introduzida no Brasil e é muito importante para motociclistas e transeuntes que, ao colidirem com um caminhão, não correm, o risco de ser esmagados pelas rodas do mesmo. O protetor diminui a severidade do acidente. Entre os caminhões usados, alguns técnicos no assunto defendem que a aplicação do protetor é totalmente inviável. Quando o reboque ou semireboque está velho, é trocado por outro, novo, com outros componentes de segurança. O protetor não poderia ser colocado em implementos usados, pois cada um tem um projeto diferente da padronização imposta pelo Contran.

Segundo este “Caderno de Veículos” apurou, a exigência do equipamento em questão tem sido observada com tranqüilidade entre os transportadores brasileiros. Quando um caminhão colide com uma motocicleta, bicicleta, um pedestre ou veículo menor, as barras do equipamento reduzem os danos material e pessoal.

Trata-se, portanto, de uma decisão lógica, justa e inteligente.

Fonte: Tribuna do Norte

Inscreva-se




29 comentários em “Protetor lateral, agora, é equipamento obrigatório

  • 12/10/2016 em 14:45
    Permalink

    Quero saber do preço das proteções lateral de porta container de,40 pés
    Telefone contato ,13981070994

    Resposta
  • 04/08/2014 em 13:55
    Permalink

    Estou tentando emplacar um caminhao effa2011 zero. Montei a carroceria, fiz a vistoria do inmetro e o detran diz q falta um numero de inscricao da carroceria!! Tenho todas as NF de material e M.O. Utilizados na construcao da carroceria.
    Como obter esse numero q o detran RJ necessita??

    Resposta
  • 08/05/2014 em 10:53
    Permalink

    Bom dia ainda continua obrigatórios só para os veículos produzidos a parti do ano de 2011 e os modificados na carroceria ou todos são obrigatórios agora?

    Resposta
    • 08/05/2014 em 10:54
      Permalink

      É obrigatório em todo implemento novo, e em toda modificação e reforma de implementos usados.

      Resposta
  • 06/05/2014 em 20:42
    Permalink

    os donos de transportadoras e caminhoneiros deveriam paralizar o país para mostrar a força de quem abastece o brasil. pára brasil mostra tua força.

    Resposta
  • 25/11/2013 em 19:44
    Permalink

    sera que isso ai vai ser igual a covardia do kit 1 socorros hoje e obrigatorioe depois não e mais obs: hoje ao chegar no carga e descargade no municipio de Mage Rj. simplesmente estava cheio de carros de passeio a minha vontade e parar ao lado desses veiculos e fechar a av. mas se eu fizer isso o q acontece aaaa sou multado derrepente a te preso e o pior naõ concigo nem descarregar o caminhao nos ja estamos de saco cheio de tanta covardia e muta e escoçinha n pode isso n pode aquilo a fala serio olha so e a produtividade de todo pais e encima de caminhao ok.

    Resposta
  • 19/06/2013 em 22:33
    Permalink

    ola amigo tudo bem tenho um MB 712C 1999 no documento marca baú mas irei passar para carroceria para vistoria é obrigatorio protetor lateral ??

    Resposta
    • 20/06/2013 em 08:38
      Permalink

      Bom dia!

      Para toda alteração ou reforma de carroceria, onde será necessária vistoria, é obrigatório a colocação de protetor lateral.

      Resposta
  • 15/01/2013 em 20:53
    Permalink

    UMA DUVIDA!!
    TENHO UM VW 13.180 08/08 COM CARROCERIA NO DOCU… ESSE CAMINHAO VAI TRABALHAR EM UMA EMPRESA DE LIMPEZA DA CIDADE, EU VOU TER QUE COLOCAR UM MODULO DE 8 PESSOAS…A MINHA DUVIDA É EM RELAÇÃO A ESSA MUDANÇA,,,VOU TER QUE COLOCAR O PROTETOR LATERAL???? porfavor enviar para meu e-mail muito obgdo!!dedecofly@hotmail.com

    Resposta
  • 30/09/2012 em 16:34
    Permalink

    A LEI É CLARA , TODOS OS VEICULOS DE CARGA COM CAPACIDADE ACIMA DE 3.500KG, PARA VEICULOS FABRICADOS APARTIR DE 2011, OS MAIS ANTIGOS, SE HOUVER TROCA DE CARROCERIA, BAÚ ETC, OU TRANSFERIR PARA OUTRO PROPRIETÁRIO, SE NÃO OS ANTIGOS NÃO ENTRARIAM NA NOVA LEGISLAÇÃO.
    SOU FABRICANTE DE PROTETOR LATERAL E INSTALO EM TODO PAIS TUDO DENTRO DAS NORMAS DO CONTRAN COM PREÇOS ACESSÍVEIS E EM 4 VEZES SEM JUROS, NO CARTÃO, CHEQUE, BOLETO, EM APENAS 4 HORAS INSTALAÇÃO COMPLETA EM ALUMINIO POR 1.600 REAIS

    Resposta
  • 24/11/2011 em 11:08
    Permalink

    Sera que já saiu alguma nova determinação do governo quanto a instalação do protetor lateral nos veiculos antigos???

    Resposta
    • 24/11/2011 em 11:45
      Permalink

      Aparentemente não houve modificações no texto. Para veículos antigos, a obrigatoriedade se dá pela alteração de carroceria [reforma/troca].

      Abraço

      Resposta
  • 12/09/2011 em 10:32
    Permalink

    BOM DIA ,GOSTARIA DE SABER SE VOU TER DE POR ESTE PROTETOR NA LATERAL DA MINHA CARRETA JA QUE E UMA CARRETA 95 , OU SO OS VEÍCULOS NOVOS SAO OBRIGADO A POR ,OBRIGADO.

    Resposta
    • 12/09/2011 em 19:02
      Permalink

      Boa noite!

      O protetor lateral é obrigatório para caminhões e implementos novos, ou caso se faça alguma alteração na carroceria, tipo mudar de baú para carga seca, tem que por o protetor. Se não for mudar nada no caminhão, não é necessário.

      Resposta
      • 25/11/2013 em 19:25
        Permalink

        Rafael, boa noite quer dizer entao que se eunao fizer troca de caracteristica portanto nao averia nesesecidadede colocar a proteçao lateral.no meu caminhao ai nesse caso o risco de morte em um acidente com meu caminhaonao seria possivel, me fala com onestidade omais importantenessa istoria toda e a vida do motoqueiro ou os valores que nos somos obrigado a pagar tanta outras coisas de muito mais importncia p/ se fazer para o transporte no pais e voces inventando esse monte de porcaria res. e falta do que fazer mesmo

  • 23/08/2011 em 19:16
    Permalink

    Certamente a espessura do material quem deve saber são os donos das fabricas de metais!!!! E o que fazer quando o caminhão precisa ir na roça para carregar???? tira e põe o dia todo???? só no (brasil) com letra minuscula mesmo, como disso um amigo ai de cima!!!
    O país não tem nem estradas para viajar , só buracos e mais buracos e ainda querem exigir proteção lateral em caminhões!!!

    Resposta
  • 18/08/2011 em 09:05
    Permalink

    “Mais uma observação”se todos nós proprietários de caminhões vamos ser “OBRIGADOS” a colocar essa merda em baixo do caminhão;(Eu digo todos nós porque é uma questão de tempo para esses malditos fazerem a LEI valer para todos os anos de caminhões)porque não fazer os beneficiados com essa LEI pagarem pelas despezas da implantação.Ou seja os(motoristas)e(motoqueiros)pagando a conta da (PROTEÇÃO)em forma de um imposto no rabo deles!

    Resposta
    • 18/08/2011 em 09:08
      Permalink

      Bom dia Marco

      A implementação dessa medida, por enquanto, atinge apenas caminhões novos, ou alteração de implemento. Para quem manter o caminhão do jeito que esta, creio não será preciso mudar.

      Abraço

      Resposta
  • 14/08/2011 em 11:27
    Permalink

    Meu irmão voçê tem razão eu sempre fuço em sites gringos de CAMINHAO e nunca vi maldita proteçao alguma,a (proteçâo)ou (segurança)que esses malditos falam é a financeira dos donos da GERDAU,CSN,USIMINAS,ALCAN,ALCOA etc…A maioria dos motoristas de automoveis e motoqueiros de hoje são irresponsaveis e ridículos péssimos condutores vivem fazendo roleta russa no volante.gostaria de ter um meio de colocar uma camera no meu caminhao e filmar a minha rotina de trabalho que é dar duas viagens por semana na BAHIA puxando mamão para todo mundo ver que são os verdadeiros culpados pelas desgraças que acontecem no transito.eu já vi cada coisa nesses quase trinta anos de profissão que deixa ate o mais corajoso arrepiado.Na BAHIA eu ja vi um corsa sedan passar por debaixo do parachoque dianteiro de um 1933 arrancar o eixo diantero do caminhao e levar até a tração.tava uma chuva do caralho e o cara tava andando a trocentos por hora o carro rodou umas trez vezes,o motorista do caminhão ainda tentou evitar a colisão quase tombando o caminhão para sair fora do carro mais não teve jeito morreram os dois que estavam no carro. No (brasil)”com letra minuscula mesmo”a lei que impera é a lei de” GERSON” levar vantagem acima de tudo,voçê diminui para passar num quebra molas um carro ou moto passa a sua esquerda e outro passa pelo acostamento,tudo para não ficar atraz do caminhão.

    Resposta
  • 13/08/2011 em 14:34
    Permalink

    deveriam proibir tambem os onibus e os carachatas, no Brasil pois(esse foi um dos motivos que deixaram de fabricar os “cab over”, cara chatas aqui nos USA e Canada) nao oferecem seguranca alguma para o estradeiro, um acidente e a morte e quase certa, ou o pobre fica paraplegico, sem recurso algum dependendo do “SUS”. pelo amor de Deus, alias de voces mesmos, colocquem a boca no trombone, escrevam para o senado, para as camaras estaduais e federais, facam arruaca na internete, defendam seus direitos, melhores estradas e mais seguranca, mais policiamento, fotografem, gravem no celular mesmo e jogue na internet, os policiais corruptos etc, briguem,,sei que essas gravacoes nao valem no tribunal mas valem para mostar a todos, que o que passa na estrada quem sofre somos nos estradeiros,. isso funciona no mundo todo, so nao funciona no Brasil porque ninguem quer fazer,,,
    veja o que aconteceu com o ministerio de transportes, resultado ninguem e punido, acordo entre partido, nao e punido,, poxa briguem, usem a intenrnet ,para isso as festas de carreteiros, as revistas sindicatos etc,,,
    e a vida de voces, e o sofrimento de sua familia em jogo, o estradeiro no Brasil e roubado antes de sair de casa ate o seu regresso, se regressar.
    pensem nisso, esse “emplemento nao protege nada e nao ajuda em nada, todos sabemos, ms os fabricantes estao ficando milionarios e os politicos, lobistas estao levando os deles,, chega,, querem um pais melhor?? abram a boca. sim sou ativista , com muita honra,, defendo o que e errado, e isso a uma harbitrariedade..

    Resposta
  • 13/08/2011 em 14:22
    Permalink

    gostaria de saber ,QUAL PRIMEIRO MUNDO O DIRETOR DA GUERRA, ESTA SE REFERINDO, vivo e sou estradeiro nos USA e nunca jamais, vi ou ovi falar de uma loucura dessas que estao inventando no Brasil, nao existe isso aqui, alem do mais, ISSO SERVE PRA QUE MESMO? PROTEGER O QUE E DE QUE?. nao faz sentido, a unica coisa que se usa aqui e uma saia que pega da frente do emplemento/reboque/trailer/carroceria, como queriam referir, de ambos os lados, eliminando a pressao do ar(vortex/turbulencia) que e provocado a veiculos menores e ate mesmo a veicuso pesaods em ultrapassagem, alem de economizar no combustivel se o cavaliho for equipado com as saias laterais, o resto e protecao para o fabricante e quem adapta. nao entendo como o estradeiro brasileiro fica sentado sem fazer nada, sem reclamar com o governo e assossiacoes, por isso e que as estradas e os brutos estao como estao,, 250% mais caros que qualquer lugar no mundo,e ainda proibem importar brutos usados, mas avioes, barcos, pode,, porque eles falam e brigam, fico triste com os estradeiros principalmente os Brasileiros,.. envergonhado ate,,

    Resposta
  • 01/08/2011 em 02:02
    Permalink

    Mais uma coisa que inventaram só pra tirar dinheiro de nós proprietários de caminhões. A verdade é que nenhum veicúlo foi feito pra colidir, sendo assim deveriam proibir a fabricação de carros novos, pois são uma casquinha de plástico, tanto que dependendo da colisão ficam irreconhecíveis.Mais uma vez pagamos pela imprudência no trânsito. À nós motoristas e proprietários de caminhões inventam cursos, tipo ANTT, inventam regulamentos, exigências, e para os condutores de carros e motos, quase nada! Os CFCS largam esse pessoal sem o devido preparo nas ruas, na minha opnião tirar habilitação deveria ser um curso intensivo. As pessoas ficam com raiva quando um caminhão ou até mesmo um ônibus, pelo fato de ser grande, as fecham, as espremem, mas o fato é que elas não percebem nem lhes é ensinado nos cfcs, que caminhões e ônibus possuem dimensões bem maiores as de um carro, portanto, ocupam mais a pista. Claro que há motoristas de caminões e ônibus abusados, que não sinalisam sua intenção na pista. Mas com tudo isso, vou deixar algumas dicas úteis a todo tipo de condutor: *Se estiveres dirigindo atrás ou ao lado de um veicúlo grande, fique atento aos sinais do mesmo, pois a qualquer momento poderá surgir um obstáculo na pista. E se possível mantenha uma distância considerável. *Se um caminhão ou ônibus estiver á sua frente com o pisca ligado indicando que pretende estacionar ou fazer alguma manobra, pare, ligue o seu pisca alerta, e espere-o terminar a manobra, lembre-se de que ele está trancando o trânsito, não busine, não se esprema para passar, não se arrisque. *Nas rodovias só dirija com luz alta se não estiver vindo outro veículo, pois realmente afeta a visão do motorista, e também se estiver atrás de algum veículo, mantenha sempre a luz baixa, pois a luz alta reflete no retrovisor, e realmente incomoda. O mais importante não é só respeitar as leis dos homens, mas sim as leis dos seres humanos que somos, o pouco de ombridade e bom senso que ainda nos resta, perceber se determinadas atitudes não estão afetando negativamente ou atrapalhando aos outros. Tenho 6 anos de habiltaçao, 2 anos categoria “B” e há 4 anos “A” e “D”. Aos 26 anos de idade possuo um caminhão e rabalho co mudanças e ninguém me ensinou isto.

    Resposta
  • 30/06/2011 em 22:27
    Permalink

    todo veiculo novo 2011 com pbt acima de 3.500kg e ou usado sendo q troque corroceria ou fasa qualquer alteraçao de carracteristica documental deve sim eplementar a proteçao lateral comforme a resoluçao 323

    Resposta
  • 05/06/2011 em 12:58
    Permalink

    por favor estou com um problema.. tenho um caminhão mbb 1113 carroceria e estou trocando por um mbb 1313 que esta no documento como bau. para mim fazer a vistoria do imetro é necessario ter a grde lateral ja que meu caminhão sera carroceria. desde ja agradeço

    Resposta
    • 05/06/2011 em 18:16
      Permalink

      Na verdade, a lei para o protetor lateral é para caminhões e implementos novos, para caminhões mais velhos a lei não é direta, não diz se é para ser instalado e se é obrigatório mesmo.
      A instalação em caminhões usados fica a critério do bom senso mesmo.

      Abraços

      Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!