Greve de motoristas põe em risco abastecimento de combustível na Argentina




A Federação dos Motoristas de Caminhões da Argentina iniciou, na Quarta-Feira, dia 5, um greve geral, bloqueando várias refinarias de petróleo como Repsol-YPF, Petrobras, Shell e Esso, chegando a por em risco o abastecimento de combustível para a Argentina.

O sindicato iniciou a greve pelo imediato pagamento de um salário extra que é devido, e um adicional salarial por transporte de produtos perigosos.

As mobilizações afetaram simultaneamente a produção de petróleo em Santa Cruz, a distribuição de combustíveis líquidos e gás em Buenos Aires e ameaçaram frear a produção de gasolina e GLP em todo o país.

O Ministério do Trabalho emitiu uma “conciliação obrigatória” pelo período de cinco dias, que foi acatado pelos grevistas.

Seguem os bloqueios

A refinaria da Repsol-YPF da localidade de La Matanza é a única que é mantida bloqueada, já que os caminhoneiros decidiram manter o protesto em solidariedade com os transportadores que hoje negociaram um incremento no valor que recebem por viagem.

Os trabalhadores bloquearam a entrada e saída de veículos nas refinarias da Repsol-YPF da província de Buenos Aires, e da Petrobrás, em Bahía Blanca, entre outras, informou o porta-voz do sindicato, Héctor López.

O secretário geral do Sindicato dos Motoristas de Caminhões, Pablo Moyano, afirmou que “retomarão os bloqueios e irão parar todas as refinarias do país se, após o fim da conciliação, as empresas do petróleo continuarem se negando a pagar o extra salarial que nos devem”.

Fonte: DF.CL

Inscreva-se




Um comentário em “Greve de motoristas põe em risco abastecimento de combustível na Argentina

  • 03/07/2013 em 08:46
    Permalink

    o brasil precisa reconhecer o valor do caminhoneiro. ao inves de criticarem os protestos deveriam se unir, pois se o pais esta tao decadente e por falta de uniao. os caminhoneiros deveriam continuar em greve ate que a populaçao e os governantes inescrupulosos sintam na pele o valor que a categoria realmente tem.

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!