Scania do Brasil inicia produção dos caminhões com Conama P7




A linha de produção da Scania em São Bernardo do Campo (SP) já está montando as primeiras unidades de caminhões em conformidade com o Conama P7, norma que entra em vigor no Brasil a partir de 2012 e visa à redução de emissão de gases poluentes. Na Europa, os veículos da marca já atendem às exigências há três anos.

“Estamos prontos e preparados para esta introdução com grande antecedência. Qualquer que sejam as necessidades de nossos clientes podemos prover a mais eficiente e rentável solução de transporte”, diz Christopher Podgorski, vice-presidente para Vendas & Marketing da Scania na América Latina.

No Brasil, a Scania utilizará o sistema SCR (Redução Catalítica Seletiva). A tecnologia é baseada na utilização do Arla 32 (Agente Redutor de Líquido Automotivo), uma solução com 32% de ureia em água desmineralizada, que com um catalisador, reduz a emissão dos principais gases poluentes ao meio ambiente.

“Nós já dominamos esta tecnologia na Europa e testes rigorosos realizados aqui no Brasil apontam nos veículos Scania que atendem o Conama P7 os mesmos benefícios já conhecidos por nossos clientes, como economia de combustível e produtividade”, afirma Roberto Leoncini, Diretor Geral da Scania no Brasil.

Com a implementação da tecnologia, a montadora de caminhões e ônibus estima que contribuirá para reduzir cerca de 80% de Material Particulado (MP) e 60% de Óxido de Nitrogênio (NOx).

A Conama P7 exige que os veículos passem a emitir no máximo 0,02 g/kwh de Material Particulado e de 2,0 g/kwh de Óxido de Nitrogênio (NOx).

Fonte: Portal Transporta Brasil




2 comentários em “Scania do Brasil inicia produção dos caminhões com Conama P7

  • 12/02/2012 em 09:34
    Permalink

    gostaria de conhecer mais sobre os caminhões da nova geração..pois sou caminhoneiro e gostaria de me atualizar junto com a nova linha

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!