Iveco amplia rede de distribuidores para a Colômbia




A Iveco inaugurou na quarta-feira (08/06), em Bogotá, na Colômbia, as novas instalações de sua representante oficial no país, a empresa colombiana Eurotrans. A iniciativa da Iveco dá continuidade ao reposicionamento da marca nos vários países da América Latina, além de Brasil, Argentina e Venezuela, onde a empresa atua há décadas. A estratégia começou em 2009, com o relançamento da Iveco no Chile, seguido de eventos idênticos no Uruguai e Peru. “O objetivo é termos uma marca forte na região e aumentar a importância dos mercados andinos para a Iveco”, diz Marco Mazzu, presidente da Iveco Latin America.

Apenas 3% das vendas da Iveco na região latino-americana acontecem fora do Brasil, Argentina e Venezuela, mas podem logo representar de 5% a 6% do total, acredita a Iveco. A expectativa da empresa é vender, no médio prazo, 4.000 veículos nestes países, contra cerca de 800 hoje. “Nosso próximo passo é o mercado equatoriano, onde devemos iniciar atividades até o final de 2011”, indica Natale Rigano, diretor-geral da Iveco na Argentina e responsável pelo desenvolvimento da marca nos mercados andinos.

A Iveco espera vender 300 unidades já este ano na Colômbia e outros 1.000 em 2012. A Colômbia é o terceiro maior mercado de veículos comerciais e de transporte de passageiros da América Latina (depois de Brasil e Argentina), com uma previsão de cerca de 30.000 unidades em 2011, entre caminhões e ônibus. No país, há uma grande concentração de veículos com até 10 toneladas de PBT. Cerca de 50% do mercado de caminhões e um terço do de ônibus fica nesta faixa, característica que determinou a definição da gama de produtos Iveco a ser vendida no País.

A ponta de lança será o modelo PowerDaily, de 3,5 a 6 toneladas de PBT, produzido pela Iveco na China. O produto, de origem europeia, recebeu mudanças de engenharia determinadas pelo Centro de Desenvolvimento de Produto da Iveco em Sete Lagoas (MG). Será vendido nas versões chassi-cabina e micro-ônibus. Outro produto será o Iveco Trakker, por conta da forte demanda colombiana de caminhões para mineradoras. O produto será importado da fábrica da Iveco em Córdoba, na Argentina. “Podemos ainda trazer alguns modelos específicos da Europa”, diz Natale Rigano.

Parte do grupo Navitrans, com mais de 10 anos de experiência no setor de transportes e comércio de veículos automotores na Colômbia, a Eurotrans inicia suas atividades com três concessionárias Iveco. Uma em Bogotá, a capital do país, e outras duas em Medellin e Cali. Em 2012 deverão ser abertas outros nove pontos de venda e assistência técnica por todo o país. Com as novas casas da Colômbia, a Iveco aproxima-se da marca de 200 concessionárias na América Latina.

Fonte: DefesaNet




Deixe sua opinião sobre o assunto!