Montadora norte-americana quer conquistar o Brasil




A NC², montadora de caminhões criada a partir da joint-venture entre a Caterpillar e a Navistar, anunciou o início de suas operações no Brasil em outubro do ano passado. Desde então, a empresa vem procurando se consolidar no mercado nacional oferecendo ao transportador brasileiro um veículo com tecnologia e design tipicamente norte-americano.

A ideia em torno da nova marca é conquistar o mercado de caminhões comerciais fora da América do Norte e Índia. A instalação no Brasil é uma estratégia de conquistar progressivamente o Mercosul e outros países do continente sul-americano.

Segundo Marcelo Maceira, diretor executivo de Vendas e Marketing da NC² que falou com exclusividade ao Portal Transporta Brasil, nosso País é fundamental para o projeto. “A primeira etapa do plano vem sendo muito boa. Nossas expectativas de vendas aumentaram, os números estão melhores do que havíamos projetado”, conta Maceira.

Os caminhões são montados em Caxias do Sul (RS), em uma unidade fabril pertencente à Agrale – outra montadora de veículos.

Neste ano, a empresa já produziu cerca de 2.000 cavalos mecânicos, e alguns deles foram exportados ao mercado sul-africano.

“Hoje, toda a nossa produção é realizada na planta da Agrale, mas já estamos com o projeto de construir nossa própria fábrica, por volta de 2013. Ainda não temos certeza aonde será instalada a unidade”, explica o diretor.

Característica dos modelos

Atualmente, a NC² oferece ao mercado o extrapesado 9800i. Já o semi-pesado DuraStar 4400 será lançado neste segundo semestre, ainda sem data definida.

O cavalo mecânico 9800i é voltado para o transporte de média a longa distância. Disponível nas versões 6×2 e 6×4 (Peso Bruto Total Combinado de 57 e 74 toneladas, respectivamente), a versão brasileira do caminhão conta com motor eletrônico de 11 litros, com 410 cv e 2000 Nm de torque, temperatura de escapamento reduzida e freio motor de compressão com até 395 cv.

O modelo DuraStar 4400, estará disponível nas versões 6×2 e 6×4 (PBTC de 24 toneladas e 26 toneladas, respectivamente). Voltado para operações de curta a média distância, os modelos serão equipados com o motor MWM-International Acteon 6.12TCA de 7.2 litros, 260 cv de potência e 900 Nm de torque, com cabeçotes individuais, camisas de cilindro removíveis e sistema de gerenciamento eletrônico Bosch com Common-Rail, que atende às normas de Emissões Proconve P5 (Euro 3).

O preço sugerido do 9800i 6×4 é R$ 423.420,00, e o 6×2, R$ 402.192,00.

O índice de nacionalização dos modelos fabricados no Brasil é de 60%, o que é o mínimo exigido pelo Finame. Estima-se que em breve o índice suba para 90%.

Próximos passos

Maceira afirma que a marca ainda tem muito a oferecer ao Brasil. “Tenho certeza que vamos ficar no País por muitos e muitos anos”, diz ele.

Além da nova fábrica, a NC² está instalando um escritório em São Paulo. Também estão nos planos o lançamento de novos caminhões, um pesado e outro semipesado.

Quanto às vendas, a empresa está expandindo sua rede de distribuição. “Devemos encerrar este ano com 15 pontos de venda, e 2012 com 25 casas. Temos o objetivo de chegar a 70 pontos de venda e serviços no Brasil”, conclui o diretor.

Fonte: Portal Transporta Brasil

Inscreva-se




2 comentários em “Montadora norte-americana quer conquistar o Brasil

  • 17/07/2011 em 20:02
    Permalink

    Trabalho numa concessionária da International em Goiânia, e os preços ditos na matéria estão fora de realidade. Os modelos 6 x 4 estão sendo comercializados na faixa de R$330.000 e o 6 x 2 na faixa de R$300.000

    Resposta
    • 18/08/2011 em 19:59
      Permalink

      Me fale um pouco ref ao 9800i dizem q é uma merda, tenho 4 fh 440….

      Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!