Ônibus Mercedes-Benz com diesel de cana transportam delegações na conferência internacional C 40




Entre os dias 31 de maio e 3 de junho, a Mercedes-Benz do Brasil participará, em São Paulo, do C 40 Large Cities Climate Summit disponibilizando 10 ônibus LO 915 movidos com diesel de cana, os quais farão o transporte das delegações participantes desta conferência internacional sobre sustentablidade e mudanças climáticas.

O ônibus urbano Mercedes-Benz O 500 U, que integra a frota da Viação Santa Brigida na cidade de São Paulo, abastecido com esse biocombustível, estará exposto em 3 de junho, na Estação Expresso Tiradentes, na capital paulista.

Os veículos movidos com diesel de cana ressaltam, mais uma vez, o pioneirismo da Empresa no desenvolvimento tecnológico de motores e reforçam o compromisso com a preservação do meio ambiente por meio de soluções mais sustentáveis.

Diesel de cana mantém a eficiência dos motores

A Mercedes-Benz do Brasil, maior fabricante de veículos comerciais da América Latina, é a primeira Empresa a realizar testes em seus caminhões e ônibus usando o diesel de cana.

A iniciativa é resultado da parceria com a Amyris Brasil (empresa responsável pelo processo de produção e fornecimento deste combutível 100% verde), SPTrans, Petrobras Distribuidora e Viação Santa Brígida.

Esta aplicação é uma alternativa sustentável que não requer alteração na estrutura nos motores, ou seja, pode ser utlizado na frota atual sem modificação técnica dos veículos. Além disso, o reduzido consumo de combustível é mantido e a eficiência do motor mantém o elevado nível de desempenho.

Os testes iniciais realizados nos bancos de prova do Centro de Desenvolvimento Tecnológico da Mercedes-Benz, em São Bernardo do Campo, utilizaram 90% de diesel fóssil (com teor de enxofre S50) e 10% de diesel proveniente da cana-de-açúcar, fornecido pela Amyris. O uso dessa mistura proporcionou a redução de 9% na emissão de material particulado e não alterou o nivel de emissões de Óxidos de Nitrogênio (NOx).

A avaliação em campo foi conduzida durante seis meses no transporte coletivo urbano na cidade de São Paulo. Seis ônibus Mercedes-Benz circularam em linhas regulares da Viação Santa Brígida. Três deles estavam abastecidos com 10% de diesel de cana e 90% de diesel de petróleo S50. Os outros três ônibus receberam somente diesel fóssil, para análise comparativa.

Os testes em operações reais confirmaram os excelentes resultados obtidos nos bancos de prova. Na comparação dos níveis de emissões de gases de escapamento medidos por meio de opacímetro, os veículos que utilizaram 10% de diesel de cana mostraram uma redução significativa nos níveis de emissões de fumaça, chegando a 40%, em alguns casos.

Com mais esta inovadora pesquisa usando combustíveis alternativos em seus motores de caminhões e ônibus, a Mercedes-Benz do Brasil demonstra a alta competência do seu Centro de Desenvolvimento Tecnológico e expande as suas ações de responsabilidade ambiental.

Fonte: Mercedes-Benz do Brasil

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!