Parceria entre sindicatos capacita motoristas




Com o objetivo de capacitar motoristas do Sul Fluminense nas categorias de habilitação D e E (para caminhões e ônibus) e aumentar com isso as chances de contratação pelas empresas de transporte da região, o Sindipass (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Sul Fluminense), Sulcarj (Sindicato das Empresas de Transporte de Carga e Logística do Sul Fluminense), Sindicato dos Rodoviários do Sul Fluminense, Sest (Serviço Social do Transporte) e Senat (Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) iniciaram pela primeira vez no sul do estado um curso de formação para condutores de caminhões e ônibus.

De acordo com Adriana Sarmento, assistente da diretoria do Sulcarj, observando a atual dificuldade das empresas de transporte de cargas e de passageiros para contratar motoristas experientes na região, essas associações de classe e instituições revolveram se unir e elaborar o projeto de capacitação.

O curso iniciou suas atividades no dia três de maio e está em sua primeira turma, com as aulas práticas sendo realizadas na sede do Sulcarj, no Centro de Barra Mansa. Ele é gratuito e dividido em duas turmas de 12 alunos.

Segundo Adriana, enquanto uma turma aprende sobre condução de ônibus na parte da manhã, outra grupo aprende sobre condução de caminhão na parte da tarde. As aulas teóricas são aplicadas às segundas, terças e quartas-feiras, resultando num total de 220 horas de aprendizado, divididos igualmente em aprendizado teórico e prático. Adriana lembrou ainda que todos os alunos cadastrados passam por uma avaliação psicológica antes de fazer o curso.

Um novo processo seletivo deve ter início dentro de duas semanas, quando a atual turma iniciar as aulas práticas, e ainda é possível fazer o cadastro para a seleção.

Despertando interesse

De acordo com Daniel Maia, instrutor do Sest Senat e credenciado pelo Detran (e responsável por ministrar tanto as aulas práticas como as teóricas aos alunos), o objetivo do curso é oferecer uma capacitação profissional aprimorada aos alunos para que depois eles sejam indicados às empresas de transporte da região.

O curso – pioneiro na região – versa sobre temas como direção defensiva, legislação, lei da balança, amarração de carga, primeiros socorros, prevenção e combate a incêndio, ética e cidadania, qualidade no atendimento, meio ambiente, lei do transporte de carga e produtos perigosos. Já na aula prática o aluno aprende sobre manobras e estacionamento, direção segura e econômica, coleta e entrega e direção em rodovias.

Daniel afirma que, apesar do curso ser estendido a todos os motoristas que possuem habilitação D e E da região e não exigir um limite de idade, a maior parte dos alunos do curso está na faixa etária de 24 a 35 anos.

O instrutor do curso explica que a procura pelos cursos tem sido muito grande.

– Já temos de três a quatro turmas preparadas para iniciar o aprendizado nos dois tipos de veículos, e recebemos diariamente pessoas interessadas em fazer os cursos. Os interessados podem se cadastrar nos próprios sindicatos que fazem parte da iniciativa ou pelos sites dessas associações – afirmou.

Durante as aulas práticas – que serão realizadas na Ilha São João, em Volta Redonda, e no Parque da Cidade, em Barra Mansa -, os alunos aprendem a dirigir em carretas, caminhão-baú e ônibus.

Segundo Daniel, as aulas práticas estão previstas para iniciarem nos dias 11 e 12 de junho durante seis finais de semana.

Mão de obra sem experiência

Para o instrutor, a maior dificuldade das empresas do setor, atualmente, é encontrar profissionais capacitados e com experiência na região para serem contratados.

– Devido ao aumento das reclamações de passageiros e das próprias empresas, as questões da ética, relacionamento e cidadania estão sendo priorizados durante o curso de capacitação, não se esquecendo da questão da segurança. Também temos o objetivo de melhorar a qualidade no atendimento dos motoristas, reduzindo as queixas e os acidentes – explicou.

Alunos elogiam o curso

O motorista de caminhão truck José João de Oliveira, de 41 anos, declarou que espera adquirir mais experiência com o curso, além de tentar um novo emprego como motorista de carreta.

– O curso é muito bom, inclusive algumas propostas já estão aparecendo, mas que pegar o diploma primeiro. Vários empresários já ligaram para o sindicato solicitando alunos do curso, e alguns colegas já estão trabalhando – elogiou.

Quem também está gostando das aulas é o motorista autônomo Geson Ramos, de 54 anos, que entrou no curso para tentar uma nova chance com carteira assinada.

– Estou estudando para me capacitar ainda mais e estou gostando muito da experiência. O nível das aulas é excelente. Estou aprendendo coisas novas como direção defensiva, primeiros socorros e até sobre ética e cidadania. Já fiz o curso de transporte de cargas perigosas em outro local, mas o curso daqui é mais completo e com certeza vai abrir novas chances, pois credencia o aluno junto às empresas. Como a área está escassa de motoristas experientes, [o curso] vai facilitar as contratações – acredita Geson, que almeja uma vaga como motorista de carretas.

Fonte: Diário do Vale




3 comentários em “Parceria entre sindicatos capacita motoristas

  • 04/08/2013 em 08:54
    Permalink

    Olá!
    Gostaria de saber o que o sindicado da classe faz pelos seus filiados e dependentes, uma vez que o Sesc e Sesi tem uma ampla diversidade de atividades aberta a sua comunidade. Gostaria de saber se o mesmo vcs. fazem pela classe dos seus, uma vez que não tenho informação alguma.
    A unidade do Sest Senat onde moro fica ao lado de um posto de gasolina e diesel, numa rodovia, lugar perigosíssimo e muito inacessível a comunidade(contribuinte e seus dependentes), uma vez que nem ônibus tem para termos acesso ao local.
    Sinto que o Sest Senat não se preocupa muito com seus contribuintes por ser uma classe que não tem muito tempo pra reivindicar seus direitos junto a esse órgão.
    Espero resposta se assim acharem que merecemos esse respeito, uma vez que contribuímos todo mês com um montante financeiro.

    Resposta
  • 25/02/2013 em 15:43
    Permalink

    Tbm estou muito interessado nesse curso, sou de Quatis e como faço pra fazer o curso?

    Resposta
  • 05/02/2013 em 16:02
    Permalink

    gostaria muito de ter uma qualificaçao proficional de transporte de carga,tenho uma CNH categoria D,mais tive uma oportunidade de entra no ramo.
    como fasso pra me escrever em um curso de qualificaçao??

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!