Volkswagen faz oferta formal para compra da fabricante de caminhões MAN




A Volkswagen fez, na terça-feira, uma oferta formal para compra da MAN, em um negócio que criaria a maior fabricante de caminhões na Europa.

A MAN tem sido mirada pela Volkswagen, que tem buscado mesclar a fabricante de caminhões alemã com a Scania, uma empresa sueca que também controla. Mas o acordo tem enfrentado problemas significativos pela defesa da concorrência. No início deste mês, a Volkswagen anunciou que estava à procura de “ultrapassar esses obstáculos.”

Em 9 de maio, a empresa divulgou que tinha elevado a sua participação na MAN de 29,9% para 30,47%, segundo a lei alemã, exigiu-se que a empresa fazesse uma oferta pública obrigatória para as restantes participações. Na época, a Volkswagen informou que faria uma oferta formal para a MAN assim que conseguisse a luz verde das autoridades reguladoras alemãs.

Como esperado, a empresa oferta 95 Euros por uma ação ordinária da MAN, abaixo do seu preço atual de 96,92 Euros. O acordo avalia a MAN em cerca de 13,7 bilhões de Euros, ou cerca de 20 bilhões de Dólares. O período de oferta para os acionistas vai até 29 de Junho.

“Através desta cooperação mais estreita, a MAN e a Scania irão aumentar ainda mais a sua rentabilidade e, assim, criar valor adicional para todos os grupos de acionistas”, disse o Diretor Financeiro da Volkswagen, Hans Dieter Pötsch, em uma declaração anterior, em Maio. “A Volkswagen, como o maior acionista das duas empresas, vai se beneficiar do aumento de valor, bem como os demais acionistas da MAN e da Scania.”

Fonte: NY Times

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!