Caminhões Mercedes-Benz Atego preparados para enfrentar os sertões brasileiros




Maior campeão em sua categoria no Rally dos Sertões – com sete títulos em nove participações – os caminhões Mercedes-Benz estão prontos para buscar sua oitava vitória numa das maiores e mais difíceis provas de rali do mundo. A competição deste ano será realizada, de 10 a 19 de agosto, entre Goiânia e Fortaleza, num percurso de 4.026 km por 11 cidades de Goiás, Tocantins, Maranhão, Piauí e Ceará.

“Desde que começaram a participar das provas de rali, em 2002, os caminhões da nossa marca sempre ocuparam posição de destaque no pódio. O Atego 1725 4×4, nosso atual representante oficial nessas disputas, é tetracampeão do Rally dos Sertões, com vitórias entre 2006 e 2009″, informa Eustaquio Sirolli, gerente de Marketing de Produto – Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil. “Estamos muito confiantes em conquistar nosso oitavo título nessa desafiadora competição”.

O Atego 1725 4×4 é utilizado pela Salvini Racing (piloto Guido Salvini, navegador Flavio Bisi e copiloto Fernando Chweigert), vencedora do Rally dos Sertões com a Mercedes-Benz em 2003, 2006, 2007 e 2009, e pela Petrobras Lubrax (piloto André Azevedo e navegador Maykel Justo), que obteve vitórias com caminhões da marca em 2002, 2004 e 2008.

Segundo Eustaquio, os caminhões Mercedes-Benz, especialmente o Atego nos últimos cinco anos, construíram uma imagem sólida de força, robustez e resistência no rali. Isso traz confiabilidade e competitividade às equipes nos duros desafios das trilhas off-road, caracterizadas por terra, areia, lama, poeira, pedra, rios e elevadas temperaturas.

“O Rally dos Sertões é um ambiente perfeito para que o Atego demonstre nas severas condições de competição a mesma excelência que ele proporciona aos clientes no dia a dia do transporte de carga”, destaca o executivo.

A fim de ampliar ainda mais a competividade do Atego 1725 4×4 no rali, a Mercedes-Benz tem novidades na parte mecânica do veículo. No caminhão da Salvini Racing foram utilizados novos batentes hidráulicos na suspensão dianteira e novos amortecedores de competição na suspensão traseira. Isso proporciona melhor qualidade de absorção das irregularidades das vias, suavizando impactos no chassi e no interior da cabina.

Fonte: Carros e Corridas

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!