Ônibus Mercedes-Benz transportam as seleções de futebol na Copa América




O chassi rodoviário O 500 RSD 6×2 da Mercedes-Benz foi o modelo escolhido pela empresa Flecha Bus, da Argentina, para o transporte das seleções de futebol que estão participando da Copa América.

Sendo uma das maiores empresas de transporte do país vizinho, a Flecha Bus adquiriu 15 unidades do O 500 RSD junto à Mercedes-Benz Argentina. Este modelo é o mais vendido no mercado local para aplicações rodoviárias, tanto no transporte regular, quanto no turismo de luxo.

Os chassis utilizados para traslados das delegações são da versão com motor de 360 cv, recebendo carroçaria Marcopolo do tipo Double Decker (piso superior do ônibus para passageiros e piso inferior com espaço para passageiros e bagagens). Essa configuração é ideal para a prestação de um serviço com mais luxo e conforto para os passageiros.

Cada uma das 12 seleções de futebol conta com um ônibus exclusivo, com pintura diferenciada que se identifica com as cores da bandeira nacional. Os ônibus serão utilizados no transporte entre as oito cidades sede da Copa América.

“Como todo modelo da linha rodoviária O 500 da Mercedes-Benz, este chassi se destaca pelos elevados padrões de tecnologia, segurança, conforto, alto desempenho e rentabilidade operacional, tornando-se um diferencial nos serviços prestados pelos frotistas”, diz Curt Axthelm, gerente de Marketing de Produto – Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

O 500 rodoviário é referência em conforto e segurança

O chassi O 500 RSD 6×2 sai de fábrica na versão buggy, com entreeixos de 3.000 mm, sendo alongado posteriormente para receber carroçarias até 14 metros. Isso possibilita a instalação de 58 poltronas, além das opções leito e semileito, e várias configurações internas de conforto, como toalete, geladeira, frigobar, cafeteria, cozinha, TV, DVD, ar condicionado e aquecimento, entre outros itens.

O motor eletrônico OM 457 LA de 12 litros (360 cv ou 422 cv de potência a 2.000 rpm e 1.600 Nm ou 1.900 Nm de torque a 1.100 rpm) se caracteriza por um elevado torque já em baixas rotações, o que se traduz em excelentes arrancadas e retomadas de velocidade e em agilidade nas ultrapassagens. Isso resulta em velocidades médias elevadas, favorecendo o cumprimento de horários.

A força e o excelente desempenho do veículo são frutos da combinação do motor com o câmbio Mercedes-Benz GO 190 de 6 marchas, que proporciona maior elasticidade de marchas e um menor consumo de combustível. A alavanca do tipo joystick faz da troca uma operação suave e simples, com mais conforto e menos desgaste para o motorista.

A suspensão pneumática integral dos chassis Mercedes-Benz O 500 é reconhecida no mercado como um diferencial da marca. Este sistema assegura um elevado padrão de estabilidade ao veículo, que fica constantemente nivelado em relação ao solo, oferecendo maior conforto e segurança para os passageiros.

Entre os itens de série do O 500 RSD destacam-se ainda a polia adicional para montagem de ar condicionado, limitador de velocidade, tacógrafo de gaveta e diagnose “on board”, incluindo códigos no display central.

A ampla oferta de opcionais do O 500 RSD permite ao frotista elevar o padrão de tecnologia, desempenho, conforto e segurança da frota. Entre esses itens, constam caixa de câmbio GO 210, coluna de direção regulável, rodas de alumínio, piloto automático, limitador de velocidade, freios ABS+ASR, freio auxiliar com retarder e sistema de elevação/rebaixamento e de ajoelhamento da suspensão.

Fonte: Mercedes-Benz




Deixe sua opinião sobre o assunto!