Performance nas pistas e nas estradas




A 5ª etapa da Fórmula Truck, realizada em São Paulo, SP, neste último domingo, contou com a performance surpreendente dos modelos que disputam mais um ano da competição. No entanto, para manter o desempenho na pista, eles contam com uma tecnologia que também pode ser vista nas estradas de todo o país, o pneu R227 da Bridgestone.

Na medida 295/80, o produto é o mesmo comercializado pela fabricante japonesa para os caminhões do transporte rodoviário de cargas brasileiro. “Nós pegamos os pneus que temos no estoque e disponibilizamos para a Fórmula Truck. Neles, são feitas apenas algumas raspagens para deixá-lo mais baixo e com melhor aderência à pista”, afirma Ricardo Drygalla, gerente de marketing da Bridgestone.

Desde o início da competição, todos os caminhões contam com os pneus fornecidos pela marca oriental. De acordo com Drygalla, a Fórmula Truck é um ótimo espaço para a fabricante fortalecer a imagem de durabilidade oferecida pelos seus produtos, expor a marca e expandir o relacionamento com clientes, fornecedores e imprensa.

No entanto, além disso, a Bridgestone aproveita a Fórmula Truck para diagnosticar possíveis problemas nos pneus e para desenvolver produtos cada vez mais resistentes para o mercado de caminhões e ônibus no Brasil. “Os engenheiro observam como e onde ocorrem desgastes, e, a partir daí, melhorar ainda mais os produtos. Lembrando que a Fórmula Truck utiliza os pneus em situações extremas de trabalho, com isso, ele sempre terá um nível de qualidade elevado para aplicações apenas nas estradas, por exemplo”, ressalta o Drygalla.

Com os pneus Bridgestone equipando seu caminhão da Volkswagen, Filipe Giaffone, venceu a etapa paulista da Truck e foi seguido por Wellington Cirino, da Mercedes-Benz, e pelo companheiro de equipe, Valmir Benavides.

Fonte: Transporte Mundial

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!