Salvini Racing vence o Rally Cuesta Off-Road




Guido Salvini, Flávio Bisi e Fernando Chwaigert escrevem seus nomes na história do Rally Cuesta Off-Road e conquistam a vitória na estreia do evento nos campeonatos Brasileiro e Paulista de Rally Cross Country

O Rally Cuesta Off-Road colocou um ponto final da 4ª edição do evento, que este ano, também valeu pontos pelos campeonatos Brasileiro e Paulista de Rally Cross Country, sendo válidas as 6ª e 7ª etapas. A competição aconteceu neste sábado e domingo (02 e 03), na cidade de Botucatu, no interior de São Paulo.

Pilotos e navegadores de motos, quadriciclos, carros e caminhões tiveram duas especiais (uma por dia) de 128 quilômetros, totalizando 256 quilômetros de disputas. Para a Salvini Racing, a grande campeã da categoria caminhões T4-2 – caminhões pesados -, as lombadas e o piso de areia foram os principais desafios da prova, que passou pela Serra da Cuesta e por propriedades de reflorestamento de eucalipto.

O roteiro ainda apresentou pedras, cascalho, subidas e descidas, mesclando trechos rápidos e travados, exigindo habilidade e força dos competidores. “Essa prova merece todos os elogios. A organização esteve impecável. Foi uma grata surpresa que recebemos para nossa modalidade no rali”, valorizou o copiloto Fernando Chwaigert.

A alegria só não foi completa devido a um problema mecânico no último dia do evento. “Quebramos em uma saída de curva à esquerda de piso arenoso, que já estava bastante mexido (formou vários buracos). Como o caminhão tem muita potência, ocasionou a quebra do eixo dianteiro”, detalhou Salvini. “Apesar de não completar a especial deste domingo, vencemos o Rally Cuesta Off-Road devido a margem que abrimos de nosso concorrente no primeiro dia, que também teve um contratempo mecânico”, explicou.

Após essa rodada do Brasileiro e Paulista, a Salvini Racing contabiliza 49 pontos. “Seguiremos para o Rally dos Sertões com a liderança assegurada. Isso é importante, pois o certame é um dos mais concorridos e difíceis do mundo, com obstáculos de piso bastante severos. Um erro ou quebra mecânica, significa perder importantes posições na classificação geral. Mas temos uma folga razoável na tabela e isso nos deixa mais tranquilos para acelerar por lá”, salientou o navegador Flávio Bisi.

De 09 a 19 de agosto, o 19º Rally dos Sertões será o centro das atenções, com 4.026 quilômetros entre Goiânia, GO, e Fortaleza, CE.

Fonte: Cross Brasil

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!