Transporte de cargas: faltam mão de obra e segurança




Contratar um caminhoneiro, hoje em dia, não é fácil. Só no Espírito Santo, faltam cerca de 2 mil profissionais para o transporte de cargas. E a carência de mão de obra qualificada não é um problema apenas para as empresas do setor. Com motoristas sem capacitação adequada, aumenta o risco de acidentes envolvendo caminhões, um índice que já é alto: somente no ano passado, 30% das mortes nas estradas tiveram envolvimento desse tipo de veículo.

Para o consultor de Segurança e Educação para o Trânsito, Eduardo Biavati, as palavras-chave são investimento e segurança. Segundo ele, as empresas precisam reinventar políticas de segurança, com novos treinamentos e um trabalho de conscientização de motoristas para dar fim também ao número alto de ocorrências com caminhões.

“Hoje, o setor está numa sinuca: a mão de obra está cada vez mais qualificada em termos educacionais, mas cada vez menos disponível para aceitar as condições oferecidas. A gente ainda vê muitos acidentes com caminhão nas estradas, sabe da extensa jornada de trabalho dos caminhoneiros. Por isso é importante investir em segurança”, explicou o consultor, que vai dar uma palestra, amanhã, em Vitória.

Soluções

O primeiro passo para a mudança desse cenário, de acordo com Eduardo, são os cursos de direção defensiva e capacitação, por exemplo. “Adicione a isso treinamento e conscientização permanente, de modo que o motorista se torne responsável por uma cultura de segurança dentro da empresa e, principalmente, nas estradas. Ele tem que perceber que o caminhão maximiza o risco para todo mundo e que as estradas estão sendo invadidas cada vez mais por pedestres, ciclistas e outros usuários.”

O superintendente do Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas e Logística no Espírito Santo (Transcares), Mario Natali, explica que as próprias empresas já chegaram à conclusão de que têm que mudar as atitudes. Elas já não deixam que os motoristas rodem a noite inteira mais, por exemplo.

“Se você analisar os acidentes, devemos relacionar: educação, engenharia e fiscalização. As estradas são ultrapassadas e não comportam o fluxo de veículos. E, apesar de ser o nome das empresas que são colocadas nas boleias dos caminhões, é o próprio homem que conduz que leva toda a responsabilidade. Se ele não for qualificado, tudo vai por água abaixo. A figura do ser humano é importantíssima, ele tem que conhecer os seus limites”, destaca Natali.

Na profissão por falta de opção, ele superou o medo

Ao lado dos amigos de profissão Gilmar Custódio, Vilmar Laurindo e Valdir Ferreira, o caminhoneiro Dario Pereira (de blusa cinza), 47 anos – 25 deles dedicado às estradas – já perdeu um irmão e um tio, ambos também caminhoneiros, em acidentes em rodovias federais. Dario ainda foi assaltado três vezes – em uma delas feito refém. Mesmo assim, não desiste da profissão. “Toda a minha família é caminhoneira. Foi meio falta de opção, não estudei muito, mas sempre gostei de dirigir. E agora meu filho de 21 anos também está entrando no ramo”, conta. Se ele tem medo? “Não, já me acostumei a essa rotina”, admite.

Fonte: Intelog




23 comentários em “Transporte de cargas: faltam mão de obra e segurança

  • 03/03/2017 em 09:10
    Permalink

    Sabe porque está faltando motorista é porque as empresas não da oportunidade para quem não tem experiência se as empresas confiarem nos candidatos cem experiência eu acho que não teriam tanto trabalho para encontrar um bom motorista é comesar a da mais oportunidades que vai ter muito motorista

    Resposta
  • 28/02/2017 em 13:37
    Permalink

    Boa tarde só um motoista categoria D e troquei a minha carteira de motorista para cat E como fazer para consegui uma vaga de carreteiro

    Resposta
  • 20/02/2017 em 16:38
    Permalink

    eu tenho experiencia com caminhao tenho cnh e so quero uma oportunidade

    Resposta
  • 11/01/2017 em 23:47
    Permalink

    Sou caminhoneiro 8 anos de experiencia com disponibilidade PR viajar 42 999919089 Ponta grossa pr

    Resposta
  • 07/01/2017 em 23:35
    Permalink

    Sou motorista com 6 anos de experiencia e tambem nao estou vendo essas vagas , ja trabalhei com rod trem , bi tren , ls ,bi tanque ,caçamba e nao to achando nada ….

    Resposta
  • 04/01/2017 em 22:48
    Permalink

    Meus amigos estou parado a mais de quatro meses ,sou um motorista de caminhão possuo carregaria CNH (E) preciso de uma oportunidade de trabalho como carreteiro tenho curso do MOOP mais até agora nada de uma oportunidade , alguém pra me dar alguma informação.meu telefone é Tel: (21) 99746-8206 Estou morando no Rio de Janeiro e-mail ednaldomacena@bol.com.br

    Resposta
  • 23/12/2016 em 15:14
    Permalink

    eu Roberto sou motorista de caminhao busco vagas meu numero e 018 991187887 ou 018996131560

    Resposta
  • 16/11/2016 em 10:57
    Permalink

    talvez a falta de profissionais esteja relacionada a falta de segurança nas estradas e muito assalto,roubo e vitimas fatais,a policia federal ou estadual rodoviária esta uma vergonha,nao servem pra nada ,so estão servindo pra multar,fazer campana pra pegar infratores de transito mais pra pegar ladroes ,dar segurança nas estradas nem pensar ,o profissional esta sem entusiasmo pois nada vem a seu favor o mais importante e segurança e não tem….

    Resposta
  • 11/11/2016 em 13:05
    Permalink

    Boa tarde!! Infelizmente as empresas não estão procurando profissionais e sim escravos. Atualmente estou trabalhando numa empresa de Curitiba. Estou rodando o país inteiro num 19-320(VW).E estou feliz pois não tenho conforto mas tenho salário. Ao invés de motorista ficar preocupado em dirigir um veiculo bom ele tinha que ficar preocupado em salário…

    Resposta
    • 05/02/2017 em 20:10
      Permalink

      eu larguei antes graças a deus o s caminhoes sem conforto exesso de horas de trabalho comiçao serve para correria muito peso nos caminhoes patroes gananciosos

      Resposta
      • 05/02/2017 em 20:16
        Permalink

        esqueci da policia ladroes nunca fui roubado mas por policia muito ja rodei de caxias do sul a fortalesa sem ser parado bafometro nen se fala em uma outra vida terei um bruto mas sera igual dos eua aqui eles tem valor e muito plastico

  • 09/11/2016 em 20:13
    Permalink

    Aqui no estado da para ia falta e vaga pra caminhoneiro isso sim estou aqui se quiser me dar uma oportunidade estou pronto pra sair fora daqui

    Resposta
  • 04/11/2016 em 17:32
    Permalink

    Estou tirando bico sou motorista carreteiro moro em capanema /pa meu numero cl 91 981959593 gostaria de trabalhar com vcs! Obrigado

    Resposta
  • 03/11/2016 em 10:33
    Permalink

    Bom dia sou adão motorista carreteiro com experiência comprovada conhecimento de mecânica e parte elétrica moro em cravinhos SP estou a procura de um vags

    Resposta
  • 29/10/2016 em 07:50
    Permalink

    Hoje o país não tem trabalho pra nois motoristas que já somos carimbados qualificados pra estar nas estradas ,e ao contrário existe profissional feito nas coxas e que fazem uzo de entorpecentes pra dirigir e nao tem fiscalização adequada por partes do prfs aí tem muitos acidentes nas estradas provocando assim atrasos nos trajetos dequem pelas estradas anda certo eu tenho além de anos de experiência tenho responsabilidade é profissionalismo acima de tudo e faço meu trabalho com amor na minha profissão,motorista carreteiro sou apaixonado por caminhão .

    Resposta
  • 17/10/2016 em 16:19
    Permalink

    Procuro emprego motorista categoria (D) TENHO CURSO MOPP E COLETIVO o meu contato 031-991926432

    Resposta
  • 07/10/2016 em 20:26
    Permalink

    Boa noit meu nome é Elijunior tenho 29 anos,moro em.Eunapolis na Ba,e estou desempregado a 4 meses,tenho cnh cat AE,cursos MOPP e Transportes de cargas Indivisiveis,,tambem ja enviei varios curriculos e nada!!Ms sera que ta essa falta mesmo d motoristas??Ms creio que Deus vai abrir as portas pra todos os pais de familias que estao desempregados!!Se possivel,nos dê uma oportunidade!..juninhoged03@gmail.com

    Resposta
  • 07/10/2016 em 10:07
    Permalink

    Bom dia meu nome é Gilvan Cesar, sor sergipano moro em Nossa Senhora do Socorro, estou desempregado a 1 ano já enviei curriculum pra várias empresas, principalmente aí do Sul do país até hj nada de resposta será mesmo que tá faltando mão de obra, pois sou motorista a 14 anos, tenho 39 anos de idade não mim considero o melhor motorista do país, mais nunca dei o que fala aonde trabalhei estou a disposição para trabalhar qualquer coisa só ligar no (079)99936-5851 ou (079)99139-8305 ou deixa alguma mensagem no meu email gcesar33@hotmail.com

    Resposta
  • 05/10/2016 em 17:46
    Permalink

    Boa tarde, eu moro em São Cristóvão Sergipe, e tenho 20 anos de cnh e 16 como profissional do volante, tenho curso mop já fiz curso em vacaria no centro nort ,ensino médio completo, já trabalhei com todos esses tempos de caminhão tenho 47 anos ,as empresas falar que não tem mão de obra mais preste atenção no que eles querem dos profissionais e o que oferecem estou à disposição para qualquer empresa

    Resposta
  • 03/06/2013 em 21:39
    Permalink

    Na reportagem diz que faltam cerca de 2 mil profissionais para o transporte de cargas, onde estão anunciadas estas vagas, sou motorista com experiência, moro no ES, e não vejo anúncios em jornais ou TV, se esta informação confere por favor me dizem onde tem tantas vagas assim.

    Resposta
    • 24/01/2017 em 23:08
      Permalink

      Verdade querem mão de obra mas qual são as empresas que precisa de motorista, outra coisa da oportunidade pra os motorista porque não faz igual às empresa de ônibus eles adimite o motorista e ele fica fazendo treinamento com o veículo quando ata apito eles liberam para a estrada .veja empresa Elma chips que é Pepsi ela treina os motorista com a carreta na empresa para eles apreder a manobrar e estacionar asim que tem que fazer .

      Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!