Carga bem amarrada é sinônimo de segurança




Quando o assunto é segurança na estrada, além de cuidar do caminhão, dirigir e conhecer bem os perigos do trecho, o motorista precisa saber fazer amarração da carga e acondicioná-la de modo seguro no veículo, afinal, a mercadoria deve chegar ao cliente em perfeito estado de conservação.

A correta acomodação da carga ajuda a evitar imprevistos durante o percurso, acidentes ou até mesmo multas. O Núcleo de Comunicação Social da Polícia Rodoviária Federal de São Paulo avisa que o órgão está de olho nas cargas durante as operações de fiscalização de rotinas feitas através de comandos específicos.

O principal risco, segundo a PRF, é a carga do caminhão cair no leito da via, fato tipificado como infração pelo artigo 231, incisos I e II do Código de Trânsito Brasileiro (lei 9.503/97). Além disso, quando existe o mau acondicionamento da carga é inerente o risco para os demais usuários, que a qualquer momento podem ser surpreendidos por um obstáculo. As conseqüências mais graves são eventuais acidentes que podem acontecer, sendo que o próprio veículo de carga poderá ter alterado seu centro de gravidade e impossibilitar a condução e o controle por parte do motorista. As principais recomendações feitas pela PRF para uma viagem segura são dirigir com responsabilidade e atenção, realizar as manutenções preventivas no veículo e acondicionar de modo seguro a carga.

Fonte: Portal O Carreteiro

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!