Com pai e filho, Equipe Autoliner quer dobradinha no Rally dos Sertões




Bicampeão do Sertões, Amable Martinez-Conde Barrasa tenta novo título, desta vez nos caminhões pesados, enquanto Rafael Martinez-Conde, seu filho, compete na categoria leves

Contagem regressiva para a largada da 19ª edição do Rally dos Sertões, que acontece entre 09 e 20 de agosto, partindo de Goiânia (GO) com destino a Fortaleza (CE). Segundo maior rali do mundo, a prova é o momento mais esperado para as equipes que disputam o cenário cross-country no país. Equipe tradicional, e com três títulos nos caminhões, sendo dois deles com Amable Martinez-Conde Barrasa, a Autoliner traz mudanças nesta temporada. Enquanto o bicampeão assume a pilotagem do peso-pesado Ford Cargo 1722e 4×4, seu filho, Rafael de Souza Martinez-Conde, fica no comando do Ford F4000 4×4, nos caminhões leves.

Com dois títulos no currículo (2005 e 2006), Barrasa que teve sua primeira participação no Rally dos Sertões em 1997, nos carros, no ano de 2005 trocou de categoria ao pilotar pela primeira vez um caminhão (Ford F-4000), conquistando naquele ano seu primeiro título. Seis anos depois, o experiente piloto volta a trocar de categoria, agora migrando para os caminhões pesados. Para desbravar o sertão brasileiro terá a companhia do navegador Evandro Bautz e do co-piloto Raphael Mohamed.

Para encarar o desafio mais esperado do ano, o trio da Autoliner disputou na temporada provas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross-country (Rally de Barretos, Sertões Series e Rally Cuesta Off-road), onde aproveitou para testar os ajustes dos equipamentos, e chegar afinado no Sertões. Barrasa aposta na evolução da equipe, “As competições que participamos tiveram um saldo muito positivo para nós. Acredito que desde a primeira etapa, em Barretos, tivemos uma grande evolução na preparação do equipamento, e a expectativa é conseguir fazer um bom rali. Sei das dificuldades que teremos pela frente, mas acredito na dedicação e união da equipe, que trabalhou muito na preparação de todos os equipamentos”, analisou Barrasa.

Tal pai, tal filho

Acostumado a ver o pai a figurar entre os principais nomes do off-road nacional, o jovem Rafael, de 24 anos, fez sua estreia nas trilhas em 2011, onde mostra que tem tudo para seguir os passos de Barrasa. Ao lado do experiente navegador José Papacena, conquistou resultados expressivos na temporada, onde aparece na liderança da categoria caminhões leves do Campeonato Brasileiro de Rally Cross-country. Para a maratona do Rally dos Sertões completa o time o co-piloto Leandro Mota.

Mesmo com o nervosismo de encarar pela primeira vez a competição, Rafael está otimista, e aposta na cautela para conseguir completar a maratona de 10 dias de disputa. “Sinto que estamos bem preparados, e espero aprender bastante nesse rali. Pelo que vi do roteiro da competição, teremos uma prova com bastante diversidade de pisos, bem diferente do que estou acostumado. Conversei muito com meu pai e com o Papacena, e nossa estratégia será de manter a regularidade, pois teremos pelo menos sete, de dez dias de etapas ‘casca grossa”, explicou.

Rafael acredita que será a oportunidade de colocar a prova os equipamentos, mas diz que com as dicas recebidas de seu pai, buscará realizar uma prova conservadora. “Acredito que tem uma grande possibilidade de dar certo. Teremos grandes adversários, como o Edu Piano, que é bem mais experiente, mas sei que temos um caminhão bem preparado, como nunca esteve antes. Vou tentar manter sempre a concentração, pois este pode ser o grande segredo”, disse.

Apesar das modificações no roteiro, que acontecem a cada ano, Papacena não acredita que terá muita surpresa nesta edição. “Dei uma olhada por cima no roteiro, e sei que por mais que eles modifiquem, não teremos muita novidade. Mas rali é rali, e só vamos ficar sabendo o que vai acontecer dia a dia. O terreno é sempre muito parecido, e vou aproveitar a oportunidade para dar experiência para o Rafael. Sei que temos limitações, mas a expectativa é sempre de vencer”, concluiu o navegador.

O Rally dos Sertões 2011 será composto por um roteiro de 4.026 quilômetros, sendo 2.411 quilômetros de especiais – 60% do trajeto total. Terá sua primeira etapa largando de Goiânia (GO) no dia 10 de agosto, e após passar por Tocantins, Maranhão e Piauí, chegará a Fortaleza, no Ceará, no dia 19 de agosto, após 10 etapas disputadas.

A equipe paulista conta com o patrocínio de Autoliner, Cie Autometal, Ford, Eaton, BioAuto, BorgWarner, Durametal, Platodiesel, Tortuga Câmaras de Ar e apoio de Rastreadores Pamahjon, VJ Parafusos, Zaca Express Transportes, New Lac Ind. de Tintas e Vernizes, VJ Lub, Droga Maris e Farma100.

Roteiro Rally dos Sertões 2011

1ª etapa – 10/08
Goiânia (GO) a Pirenópolis (GO)
Deslocamento Inicial: 143 km
Trecho especial: 83 km
Deslocamento final: 10 km
Total do dia: 236 km

2ª etapa – 11/08
Pirenópolis (GO) a Porangatu (GO)
Deslocamento inicial: 37 km
Trecho especial: 290 km
Deslocamento final: 257 km
Total do dia: 584 km

3ª etapa – 12/08
Porangatu (GO) a Gurupi (TO)
Deslocamento inicial: 66 km
Trecho especial: 285 km
Deslocamento final: 104 km
Total do dia: 455 km

4ª etapa – 13/08
Gurupi (TO) a Porto Nacional (TO)
Deslocamento inicial: 16 km
Trecho especial: 140 km
Deslocamento final: 50 km
Total do dia: 206 km

5ª etapa – 14/08
Porto Nacional (TO) a Lizarda (TO)
Deslocamento inicial: 140 km
Trecho especial: 330 km
Deslocamento final: 1 km
Total do dia: 471 km

6ª etapa – 15/08
Lizarda (TO) a Balsas (MA)
Deslocamento inicial: 1 km
Trecho especial: 428 km
Deslocamento final: 7 km
Total do dia: 436 km

7ª etapa – 16/08
Balsas (MA) a Barra do Corda (MA)
Deslocamento inicial: 10 km
Trecho especial: 306 km
Deslocamento final: 6 km
Total do dia: 322 km

8ª etapa – 17/08
Barra do Corda (MA) a Teresina (PI)
Deslocamento inicial: 9 km
Trecho especial: 210 km
Deslocamento final: 321 km
Total do dia: 540 km

9ª etapa – 18/08
Teresina (PI) a Sobral (CE)
Deslocamento inicial: 71 km
Trecho especial: 253 km
Deslocamento final: 181 km
Total do dia: 505 km

10ª etapa – 19/08
Sobral (CE) a Fortaleza (CE)
Deslocamento inicial: 15 km
Trecho especial: 86 km
Deslocamento final: 170 km
Total do dia: 271 km
Chegada a partir das 13h30 – Praia do Cumbuco

Premiação 19º Rally Sertões – 20/08
Fortaleza (CE) – Praia do Cumbuco
Hotel Vila Galé – a partir das 18h00

Fonte: Cross Brasil

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!