Ford lança nova série especial “F-150 Harley-Davidson” nos EUA




A Ford lançou nos Estados Unidos mais uma série especial da F-150 Harley-Davidson. Trata-se da 17ª versão da picape personalizada pela montadora com a tradicional marca de motos premium, parceria iniciada em 1999 e que já teve mais de 70 mil unidades vendidas.

Versão

A edição limitada F-150 Harley-Davidson 2012 traz uma série de diferenciais em relação ao modelo convencional, que remetem à marca de motos. Entre eles, acabamento interior em couro de cobra, inspirado nos apliques do mesmo material usados no tanque das motos Harley-Davidson, além de pintura especial com o mesmo tema e placa numerada de identificação para cada modelo.

Na nova F-150 Harley-Davidson, o couro de cobra também está presente nos grafismos laterais, que trazem textura especial imitando o material. A carroceria vem nas cores clássicas preto Tuxedo e branco Platinum da Harley-Davidson – esta última oferecida pela primeira vez na linha.

No interior da picape especial chama atenção a combinação de detalhes em preto Tuxedo de alto brilho, alumínio escovado, cromo acetinado e apliques de couro de cobra na direção, na tampa do console e nos bancos. O modelo conta ainda com teto-solar, câmera de visão traseira, bancos traseiros aquecidos, iluminação ambiente, sistema de partida remota, tomada de 110 V e pedais com ajuste elétrico, além de uma série de opções de tecnologia como tela de 4,2 polegadas no painel controlada por botões na direção e outra de 8 polegadas “touch screen” para o sistema de navegação, temperatura e rádio por satélite Sirius, com comandos de voz.

Na carroceria da F-150 Harley-Davidson 2012 destacam-se a grade de seis barras cromadas, com o emblema “Harley-Davidson”, e as rodas de alumínio de 22 polegadas. A picape tem motor V8 6.2, que desenvolve 416 cv e 60 kgfm de torque, com avanços que incluem duplo comando de válvulas, duas velas por cilindro e duplo sensor de detonação, e câmbio automático SelectShift, com uma função que permite total controle nas trocas de marcha.

Fonte: Canal do Transporte




Deixe sua opinião sobre o assunto!