HSU1: novo pneu da Continental para aplicações em ônibus urbanos e intermunicipais




Especialmente desenvolvido para atender as exigências de tráfego de ônibus nos perímetros urbanos e intermunicipais, o HSU1 é o novo integrante da linha de pneus de carga da Continental em comercialização no Brasil. Ele chega ao mercado com talão mais robusto, reforçado com aço de alta resistência térmica e mecânica para tolerar as elevadas temperaturas geradas pelo acionamento constante dos freios nestas aplicações. O resultado é um pneu capaz de suportar um maior número de vidas, uma das principais requisições do segmento urbano.

Disponível nas medidas 275/80R22.5 e 295/80R22.5, o HSU1 incorpora diversas tecnologias inovadoras que impactam diretamente na durabilidade e no maior rendimento quilométrico proporcionado pelo pneu. Em sua produção na fábrica da Continental em Camaçari, na Bahia, são empregados modernos compostos de borracha, uma combinação de materiais nobres e diversos polímeros desenvolvidos sob medida para a aplicação urbana e que contribuem não apenas para uma maior economia de combustível, mas também para um desempenho superior do novo modelo.

O HSU1 é dotado da tecnologia VAI (Indicador Visual de Alinhamento), um sistema de sinais inserido nas ranhuras da banda de rodagem que monitora e alerta o condutor para eventuais irregularidades no alinhamento veículo. Outra novidade é o “Air Keep Inner Liner”, que mantém a pressão interna do produto no nível calibrado por um tempo até 50% maior em relação aos modelos convencionais do mercado, em função da estrutura molecular mais densa do liner (parte interna do pneu).

“Com a correta pressão de inflação, a carcaça sofre menos deformações, prolongando sua vida útil e seu índice de reforma. Essa redução de deformação mantém a resistência do pneu ao rolamento em um nível ideal com reflexos na economia de combustível e na menor emissão de CO2 na atmosfera”, explica Renato Martins, coordenador de Desenvolvimento Produto para Veículos Comerciais da Continental Pneus.

O pacote de cintas denominado “Triangle Belt” é outro destaque do novo lançamento da Continental. Trata-se de uma estrutura triangular que confere maior rigidez no sentido longitudinal e aumenta a flexibilidade na extremidade. Isso significa menos tensão em razão da diferença de rigidez entre o ombro e a extremidade das cintas do pneu, resultando em desgaste homogêneo e em uma maior vida útil. “O aumento de rigidez no sentido da direção também diminui a resistência ao rolamento, proporcionando maior economia de combustível. A estrutura mais robusta das cordas das cintas suportam as severas condições de carga da aplicação e também prolongam a vida da carcaça”, acrescenta Renato Martins.

O perfil otimizado do HSU1 melhora a distribuição da carga no contato do pneu com o solo, reduzindo deformações desnecessárias e poupando a carcaça de esforços extras, contribuindo para um maior número de vidas para o produto, que ainda traz estampado em sua lateral os dados de recomendação para reforma (raio de raspagem e largura recomendada da banda) para que o usuário possa extrair o melhor desempenho a partir da primeira recapagem do pneu.

Fonte: Portal Nacional de Seguros

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!