Para a eternidade




Em julho do ano 2000, o Comitê Internacional da Cruz Vermelha recebeu da Scania um caminhão destinado aos serviços humanitários prestados na região dos Balcãs, no Afeganistão e na África. O veículo, entretanto, tem um valor simbólico para a montadora, por se tratar do milionésimo veículo produzido na linha de montagem na Suécia.

A unidade histórica voltará para a cidade de Södertälje, na Suécia, para se juntar à coleção da marca no Museu Marcus Wallenberg Hall, da Scania. O caminhão será exposto ao lado de fotografias que comprovam a montagem do veículo de número 1 milhão, além de imagens da Cruz Vermelha que constatam sua operação.Para voltar para a Suécia, o caminhão enfrentou uma longa viagem por mar, tendo partido de Dar Es Salaam, na Tanzânia, passando por portos da Índia e do Japão até a sua chegada em Southampton, na Inglaterra, aonde foi embarcado em outro navio até Gotemburgo, na Suécia.

Fonte: Transpoonline

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!