Alta do IPI afeta venda de caminhão Mercedes




A elevação do Imposto sobre Produtos Industrializados para veículos importados gerou um problema para a Mercedes-Benz do Brasil, que importa atualmente o caminhão Actros da Alemanha. A companhia estava com acordos para vendas programadas de cerca de 500 desses veículos, que já estavam em produção e seriam entregues até o fim do ano. Agora com o aumento do tributo, a montadora vai buscar a renegociação com os clientes.

O modelo, que é da categoria extrapesado, na versão rodoviária tinha preço que variava de R$ 310 mil a R$ 340 mil. “Agora são R$ 100 mil que serão incrementados no valor. Temos de ver o que fazer caso a caso”, afirmou o vice-presidente de vendas, Joachim Maier.

A partir de 2012, o Actros será produzido em Juiz de Fora (MG), mas já com a motorização na tecnologia Proconve P-7 (Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores na versão 7), que corresponde à norma europeia Euro 5. Essa nova versão, no entanto, é, pelo menos, 6% mais caro que a atual, que segue a norma Euro 3. Dessa forma, no ano que vem, o modelo não terá o valor majorado pelo IPI, pois terá produção local. “Podemos reprogramar para início de 2012, mas não sabemos se os clientes vão querer esperar. E a ideia deles foi antecipar a compra (para se beneficiar do valor mais em conta)”, disse Maier.

Fonte: Diário do Grande ABC

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!