Caminhões que usam estradas federais têm quase 9 anos de idade média




A idade média dos caminhões que circulam pelas rodovias federais do Brasil é de 8,9 anos, segundo levantamento parcial realizado pelo Ministério dos Transportes.

A informação foi apurada na primeira fase da Pesquisa Nacional de Tráfego, que coletou dados de 1,6 milhão de veículos em 16 rodovias federais, de 11 Estados.

A pesquisa foi realizada entre os dias 23 e 30 de maio, em 22 postos. Nesta sexta-feira (23) começa a segunda fase da pesquisa, que também vai durar uma semana, mas em 120 postos.

Segundo o ministério, a pesquisa foi reforçada em setembro devido ao maior volume de cargas a serem transportadas, já que o período é de escoamento da safra de grãos.

A terceira fase será feita em novembro, e, assim como a primeira, é importante para o registro de carregamento de produções escoadas em períodos sazonais. O objetivo dos três períodos de pesquisa é permitir a estimativa de tráfego nos principais eixos de transporte, abrangendo todas as variáveis da produção nacional.

As informações da pesquisa são coletadas por militares do Exército –5.000 homens vão participar da segunda fase. Eles abordam motoristas por amostragem e fazem entrevistas sobre a origem, destino e outras informações socioeconômicas.

Com os resultados da pesquisa, o Ministério dos Transportes revisará as estimativas dos fluxos rodoviários de cargas e passageiros das estradas federais, além de subsidiar o Plano Nacional de Logística e Transportes.

Categoria    Quantidade     Participação     Idade média da frota
Passeio          865.598                  53,3%                     5,6 anos
Ônibus           45.739                    2,8%                        8,4 anos
Motos             89.915                    5,5%                        4,4 anos
Carga              623.100                 38,4%                     8,9 anos

Fonte: Jornal de Floripa




Um comentário em “Caminhões que usam estradas federais têm quase 9 anos de idade média

  • 17/12/2013 em 03:11
    Permalink

    E quanto a nós, que amamos veículos antigos? Não poderemos mais curtir nossos veículos? Tenho um Chevette 74 e um 1113 75 que mantenho em perfeitas condições seguindo até hoje as revisões do manual. Não quero veículo mais novo, porque não gosto. Até hoje tem aviões com mas de 50 anos que voam pelo mundo todo desde que estejam com a manutenção em dia. Nem todo mundo quer andar de carro novo. Então vão tirar os cavalos e carroças das ruas também? Onde está a liberdade de escolha? Acho que deve ser cobrado uma manutenção de boa qualidade para todos os veículos, mas privar os amantes de caminhões e carros antigos do direito de circularem é um crime a liberdade individual. Nos Estados Unidos, os veículos são bem mais baratos, mas você pode ver carros e caminhões de todas as idades andando lado a lado, porque lá é o pais da liberdade. Que se faça como na aviação. Controle a manutenção te TODOS os veículos, NOVOS E VELHOS e exija um certificado de aprovação para TODOS. NINGUÉM QUER SUCATA ANDANDO POR AÍ. Mas, que seja respeitada a vontade de cada um. Neste blog mesmo, há exemplos de caminhões antigos que estão em ótimo estado de conservação. O que será destes proprietários que AMAM SEUS CAMINHÕES E CARROS ANTIGOS É QUEREM TER O DIREITO DE ANDAR COM ELES ONDE QUISEREM?

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!