Turbo contribui para normatizar motores




Para atender os padrões estabelecidos pelo programa de controle de emissões que entrará em vigor a partir de janeiro, o chamado Proconve P7, que tem o mesmo nível do Euro 5 europeu, todos os setores envolvidos no processo de manufatura dos veículos estão dando sua cota de contribuição. O Grupo BorgWarner, por exemplo, dedicado a produção de turbos para motores movidos a diesel ou gasolina, fornece do modelo K16 para o motor MWM International Maxxforce 4.8, propulsor definido para o novo chassi MA 15.0 do Midibus Agrale.

Produzido na unidade fabril de Campinas (SP), o novo equipamento possui, entre outras modernas tecnologias, o sistema SCR (redução catalítica seletiva), agindo diretamente na redução de emissões de NOx. Nessa nova configuração, o motor MWM de 4.8 litros produz 190 cv de potência e 73,4 mkgf de torque. O midibus MA 15.0 da Agrale acomoda maior número de passageiros em comparação aos micro-ônibus, sendo indicado para uso urbano ou intermunicipal de média distância.

Fonte: Frota & Cia

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!