Argentina adia proibição de veículos Euro 3




Resolução publicada pelo ministro do ambiente e desenvolvimento sustentável da Argentina adiou por um ano a entrada em vigor das normas de emissões Euro 4 e Euro 5 no país vizinho. Assim, para os modelos vendidos ali continuará valendo a norma Euro 3, cuja produção no Brasil será proibida a partir de 1º de janeiro.

Para veículos pesados o governo argentino estabeleceu agora 1º de janeiro de 2013 para a entrada em vigor das normas equivalentes à Euro 4 e 1º de janeiro de 2015 para Euro 5, segundo o texto publicado.

A medida, de certa forma, já era esperada por fabricantes de caminhões instaladas no Brasil que exportam seus modelos para a Argentina. Recentemente o diretor de operações da Ford, Oswaldo Jardim, afirmou que a empresa já trabalhava com a possibilidade do país vizinho manter as normas de emissões. Roberto Bastian, diretor de logística e infraestrutura da Mercedes-Benz, reclamou há poucas semanas, em evento em São Paulo, da possível necessidade de produzir algumas duas versões diferentes de um mesmo produto – no caso caminhões Euro 3 para a Argentina e Euro 5 para o Brasil.

Fonte: Autodata

Inscreva-se




Deixe sua opinião sobre o assunto!