Ford Cargo Euro 5 com mais potência e rastreador como opcional




A Ford apresentou hoje (30), na fábrica de São Bernardo do Campo, a nova linha Cargo equipada com motores Euro 5. Além do aumento de potência proporcionado pela nova tecnologia, os caminhões poderão sair de fábrica equipados com rastreadores e sistema de telemetria da Autotrac.

Os novos modelos serão apresentados oficialmente na 18ª edição da Fenatran – Salão Internacional do Transporte – que acontece de 24 a 28 de outubro, no Anhembi em São Paulo. A diretoria da montadora não adiantou as novidades sobre a nova motorização da Linha F e de modelos tradicionais da marca como o F 4000.

Totalmente desenvolvida no Brasil, no campo de provas da montadora em Tatuí, a nova linha Cargo é equipada com os motores Cummins ISB 4.5 litros, ISB 6.7 litros e o novo ISL 8.9 litros e passará a ter nova nomenclatura em função do aumento das potências.

A linha terá doze novos modelos: Cargo 816, Cargo 1319, Cargo 1519, Cargo 1723, Cargo 1719, Cargo 1933 R, Cargo 1933 Tractor, Cargo 2423, Cargo 2429, Cargo 2623, Cargo 2629 e Cargo 3133.

“Com maior torque e maior potência, os caminhões ganharam mais eficiência, chegam mais rápido e ficaram de 5 a 7% mais econômicos que a linha atual. Em situações controladas durante os testes, chegamos a 13% de economia”, comemorou Oswaldo Jardim, diretor de Operações de Caminhões da Ford América do Sul. A nova tecnologia elevará os preços em faixa idêntica aos modelos da concorrência, de 8 a 20%.

A engenharia de produto destacou que os novos caminhões foram desenvolvidos para funcionar somente com o novo diesel S50, que deverá estar disponível a partir de janeiro de 2012. O abastecimento com o diesel utilizado atualmente (S500 e S1800), com alto teor de enxofre, poderá causar danos a componentes como o catalisador e levar a perda de garantia de componentes.

A tecnologia SCR (sigla em inglês para Redução Catalítica Seletiva) reduzirá a emissão de poluentes em até 80% diante dos níveis atuais. Outras novidades são o aumento dos intervalos de troca de óleo e também da durabilidade dos componentes, com reflexo positivo na vida útil do motor, desde que seja seguida à risca a exigência do novo diesel S50 e do reagente Arla 32, uma solução composta por 32,5% de ureia técnica dissolvida em água.

A ureia é um líquido não tóxico, injetado no sistema de exaustão. O NOx e as moléculas de amônia reagem no catalisador, liberando nitrogênio e vapor de água.

Rastreamento

O sistema FORDTRAC de rastreamento e telemetria, que poderá equipar os novos Cargo, foi desenvolvido em parceria com a Autotrac, empresa pioneira no mercado de rastreamento. O sistema combina funções de telemetria que permitem registrar de forma remota as principais informações sobre a utilização e o desempenho do caminhão, como velocidade, rotação do motor, e distância percorrida.

Segundo um representante da Autotrac presente no lançamento, o custo de utilização do sistema deve ficar em torno de R$ 12 por dia. Em caso de utilização do Finame do BNDES, o rastreador não poderá ser incluído no financiamento.

Fonte: Revista Carga Pesada

Inscreva-se




Um comentário em “Ford Cargo Euro 5 com mais potência e rastreador como opcional

  • 24/01/2012 em 19:41
    Permalink

    Muito bom, excelente,
    mas minhas condições não me permitem trocar meu 1418 truck ano 88,

    Att

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!