Sp-284 – Rota de desvio dos pedágios da Raposo Tavares




Para não pagar pedágio nas três praças da Rodovia Raposo Tavares, no trecho de 128 quilômetros entre Presidente Prudente e Assis, caminhoneiros que vêm do norte do País e do Paraná acharam uma nova rota – a Rodovia Prefeito Homero Severo Lins (SP-284). Mas o aumento de fluxo nessa estrada fez com que os acidentes aumentassem 500%, entre 2009 e 2010, segundo a Frente Popular de Rancharia, entidade que representa os moradores de Rancharia e região.

A partir do ano passado, quando o governo instalou os três pedágios na Rodovia Raposo Tavares, houve fuga de 5,5 mil veículos diários, de acordo com a Cart, empresa que administra a Raposo Tavares no trecho em questão. “Uma carreta de nove eixos paga hoje R$ 260 ida e volta, entre Presidente Prudente e Assis”, explica Ulisses de Souza, porta-voz da Frente de Rancharia. “Por isso, os caminhões desviam pela SP- 284. É um horror. Durante as obras de recapeamento, carretas passaram por cima de carros.”

A entidade exige proibição imediata do tráfego de caminhões pesados, fiscalização e melhorias na SP-284. Só em outubro, a estrada foi bloqueada duas vezes para protestos.

Fonte: Estadão




Deixe sua opinião sobre o assunto!