Ministério Público vai fiscalizar produção do Euro 5




Com grande parte das fábricas ainda em regime de férias coletivas, as montadoras de caminhões se preparam para voltar à rotina na próxima semana. Quando ocuparem seus postos, os funcionários vão começar a produzir os novos caminhões equipados com o Euro 5, que praticamente introduz uma nova era tecnológica entre pesados no Brasil. Mais eficientes nas emissões de poluentes e mais econômicos, os veículos também são mais caros e precisam de um aditivo – a Arla 32 – para funcionar adequadamente.

Até que operadores e indústria estejam familiarizados com a novidade, o setor projeta uma dificuldade do mercado em absorver caminhões que devem ter os preços reajustados em média 15% em razão do Euro 5.

O Ministério Público Federal, que acompanha o cumprimento da nova legislação ambiental, deve mandar fiscais às fábricas para averiguar se de fato todas as montadoras abandonaram a produção do Euro 3, que vigorou até dezembro, para fabricar apenas caminhões com as novas tecnologias.

Fonte: OTM Editora




Deixe sua opinião sobre o assunto!