Péssimas condições das estradas atrasam colheita da soja no MA




A colheita da soja na Serra do Penitente, em Tasso Fragoso, extremo sul do Maranhão, está com pelo menos um mês de atraso.

A região concentra as maiores plantações de soja do cerrado maranhense, mas a precariedade das estradas está impedindo o transporte dos grãos.

Uma estada vicinal, cheia de poeira e buracos, é o único caminho entre as fazendas que ficam no alto da serra e a MA-140, onde ficam os armazéns. Por lá, devem passar este ano 500 mil toneladas, 1/3 da produção maranhense de soja.

Os caminhões demoram em média quatro, cinco horas em um trecho de 100 quilômetros entre as fazendas e o asfalto. Muitos não conseguem terminar a viagem e ficam tombados à beira da estrada.

O gasto com transporte representa 35% dos custos de produção na Serra do Penitente e o agricultor depende da solidariedade dos vizinhos na hora de negociar a produção.

Para diminuir as perdas nas lavouras, os fazendeiros tiveram que fazer um rateio para recuperar a estrada.
Quem plantou soja às margens da BR- 324 também teve que tirar dinheiro do bolso para recuperar uma rodovia federal.

No trecho entre Balsas e Ribeiro Gonçalves, no Piauí, a rodovia nunca foi asfaltada e o motorista precisa pisar fundo no freio para descer as ladeiras. Caminhões carregados com soja ainda têm que passar em pontes de madeira.

A região sul do Maranhão está produzindo este ano 1,7 milhão de toneladas de soja, 9% a mais que no ano passado. Noventa por cento da produção é destinada à exportação.

A falta de estradas deixa o produtor em desvantagem na hora de vender a safra no mercado internacional. “Essa falta de asfalto encarece muito a produção. A gente ajuda a conservar, mas na época da chuva e do fluxo enorme de caminhões, ela fica toda esburacada e o preço do frete sobe imensamente”, reclama Cyro Ribas Taques, agricultor.

A superintendência do Dnit no Maranhão informa que ainda não há data prevista para as obras na BR-324.

Vídeo:

Fonte: Globo Rural




3 comentários em “Péssimas condições das estradas atrasam colheita da soja no MA

  • 28/05/2012 em 19:25
    Permalink

    essas coisas revoltam a gente ,eu rodo pela br 020 no ceara .br 222 também no ceara ta tudo esculhambado
    cada buraco que não tem feixe de molas que aguente ,peço aos companheiros que não votem em ninguém
    em sinal de protesto ,eles são tudo um bando de ladrão incompetente não merecem nosso voto !!!!!!!!!

    Resposta
  • 25/04/2012 em 20:15
    Permalink

    Vota meu povo! Isso é o mínimo que nós estamos vendo,o governo brasileiro não sabe ném tapar buraco imagine fazer estradas; ainda falam em país de terçeiro mundo eu acho que é país de primeiro mundo com políticos formados em robalhera.Sê homem e ter vergonha é pra poucos.

    Resposta
  • 24/04/2012 em 12:15
    Permalink

    como um governo ñ consegue enxergar isso? agente deixa de exportar, deixa de ganhar, e o país ñ cresce. PARABENS, GOVERNO DE MERDA !!!!!!!!!

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!