Scania lança novo modelo de faróis para cumprir a Lei de Circulação Diurna da Europa




A Scania introduziu luzes de circulação diurna nos seus caminhões e ônibus, cumprindo a legislação europeia que tornou obrigatório a adoção destes dispositivos para todos as novas matrículas de veículos pesados em agosto de 2012. Para os leves de passageiros e mercadorias, as luzes de circulação diurna já são obrigatórias desde 2011.

As luzes de circulação diurna (Day Running Lights) acendem-se automaticamente sempre que é ligada a ignição do motor, aumentando a visibilidade dos veículos. As luzes para circulação diurna consomem apenas 25 a 30% da energia necessária para as luzes de cruzamento (luz baixa).

A Scania passa a disponibilizar aos transportadores, três perfis de luzes: faróis H7, H4 e Xênon. As novas unidades têm óticas com lentes de vidro transparente, com design idêntico aos faróis de xênon.

Os novos módulos de luzes indicadoras, que integram as luzes de circulação diurna, as luzes laterais de presença e os piscas, apresentam um design que se combina da melhor forma com os novos faróis. Todas elas utilizam tecnologia LED, que garante uma vida útil significativamente mais longa do que as lâmpadas tradicionais. Também há espaço para os faróis de neblina e os refletores no pára-choques.

Em função do tipo de utilização, a Scania propõe uma seleção de luzes com diferentes caraterísticas: o H7 proporciona um feixe luminoso mais largo do que o H4, mantendo-se ligada a luz baixa quando os faróis altos são utilizados, proporcionando uma luz de máximos homogênea (o H1 é utilizado para os faróis altos); o Xênon proporciona um feixe luminoso longo e alargado, próprio para a condução noturna, sendo utilizado o H7 para os faróis altos; o H4 proporciona um alcance longo e um padrão luminoso particularmente confortável, para uma condução relaxada em rodovias.

Fonte: Transportes em Revista




Deixe sua opinião sobre o assunto!